Vale a pena entrar e investir na A2 Trader?

A A2 Trader é uma empresa que oferecia supostamente arbitragem de investimentos em Bitcoin através de sua plataforma. O dono da A2 Trader é Kleyton Alves, que é investigado junto com a empresa pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte por fraude e pirâmide financeira. A empresa foi fechada em novembro de 2019.

Vale à pena entrar na A2 Trader?

A A2 Trader é uma das empresas que oferecia supostos investimentos em Bitcoin, prometendo alto rendimento no curto prazo para quem quisesse entrar no negócio, e montada supostamente sobre uma estrutura de “marketing multinível”, que oferecia benefícios para quem quisesse entrar na A2 Trader e indicasse novos investidores para o negócio. Porém, hoje entrar na A2 trader não é possível, pois a empresa está fechada para novos investimentos.

Como tantas outras empresas que ofereciam investimentos em Bitcoin com rendimento “garantido” no Brasil em 2019 e foram fechadas, a A2 Trader oferecia uma série de vantagens para quem quisesse entrar em seu “modelo de negócios” e investir em sua plataforma. Mas valia a pena entrar na A2 Trader?

O Fim da A2 Trader

A derrocada da A2 Trader começou em setembro de 2019, quando a Comissão de Valores Mobiliários abriu um processo para investigar a empresa por crime de pirâmide financeira. Depois disso, Kleyton Alves chegou a mentir em um vídeo, dizendo que a CVM não investigava a empresa e desafiando a autarquia: “se fechar o site eu abro outro”.

O fim da empresa se desenrolou em dois meses. Enquanto bloqueava pagamentos de clientes e as investigações da CVM avançavam, Kleiton Alves decidiu encerrar a empresa no começo de novembro de 2019. 

Na época, ele disse que a empresa recebeu uma “enxurrada de processos por motivos banais” e que a decisão teria sido tomada “antes que houvesse um bloqueio judicial nas contas”.

Depois do anúncio nas redes sociais, investidores prejudicados pelo esquema chegaram a entrar na sede da A2 Trader em Natal, saquearam o imóvel e depredaram as instalações, até que a polícia foi chamada para acabar com a confusão.

Em janeiro de 2020, o Ministério Público do Rio Grande do Norte abriu um inquérito civil para investigar a A2 Trader e Kleyton Alves, que desde novembro não aparecia mais nas redes sociais. 

Até que, em março de 2020, Alves surgiu em um vídeo dizendo que o dinheiro dos investidores havia sido retido pela empresa de pagamentos Urpay, que também atuou no passado em parceria com a Unick Forex. 

Ao todo, a A2 Trader deixou um rastro de 21.000 investidores prejudicados e um saldo de R$ 7,5 milhões de prejuízo, segundo o próprio Kleyton Alves.

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 18,067.95
  • ethereumEthereum (ETH) $ 552.54
  • rippleXRP (XRP) $ 0.598482
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 279.94
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 13.02
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 77.97
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.162260
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.04
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 29.79