Thiago Nigro, o Primo Rico, foi ameaçado pela Unick Forex por conta de vídeo que denunciava empresa

O youtuber Thiago Nigro, conhecido como Primo Rico e que possui um dos canais de finanças mais visualizados no Brasil revelou que foi ameaçado quando fez críticas a suposta pirâmide financeira Unick Forex, conforme revelou em uma série de perguntas e respostas em sua conta oficial no Instagram.

Nigro, em 2019, postou um vídeo em seu canal alertando que as ofertas da Unick Forex, que prometia rentabilidade de até 4% ao dia por meio de supostas aplicações no mercado Forex com Bitcoin, era uma fraude e que aquilo não era possível. Além disso, A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) já havia emitido alertas contra a Unick dizendo que a empresa não tinha autorização para oferecer investimentos.

O vídeo de Nigro viralizou e começou a ser compartilhado para além do youtube e, segundo o investidor, está repercussão acabou levando líderes da Unick a ameaçarem o youtuber que removeu o vídeo do ar temendo pela sua vida.

“Quando postei esse vídeo no youtube – alertando as pessoas sobre essa pirâmide, ele viralizou. Mas colou minha vida em risco. De qualquer forma, quem me segue – de verdade – nunca cairia nesse tipo de golpe”, afirmou.

Pergunta Polêmica, Primo Rico fala sobre porque excluiu vídeo de Unick Forex

Após a Polícia Federal realizar a Operação Lamanai, que desmantelou a Unick Forex e prendeu seus principais líderes. Nigro gravou outro vídeo alertando sobre os riscos de ‘retornos garantidos’ e outras ofertas oferecidas por pirâmides financeiras, contudo, nesta nova publicação, não mencionou nenhuma empresa.

A Unick Forex é acusada de ter aplicado um golpe bilionário que teria movimentado até R$ 18 bilhões em recursos. A operação da Polícia Federal apreendeu carros, imóveis, dinheiro, bitcoins e bens ligados a empresa e a seus operadores. No total a empresa teria aplicado o golpe em mais de 50 mil pessoas em todo o Brasil e até no exterior.

Atualmente, os organizadores da Unick Forex, presos pela Polícia Federal, cumprem prisão domiciliar por conta de uma decisão judicial que alegou que eles poderiam ser infectados pelo coronavírus.

LEIA MAIS: Preso por desfalque bilionário com a Unick Forex, Leidimar Lopes reclama de vítima ‘mendigar’ R$ 100.000
LEIA MAIS: ‘Bispo’ que promoveu Unick Forex, Moguro agora recomenda a G20 BTC para ‘sair da crise do Coronavírus’

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,551.11
  • ethereumEthereum (ETH) $ 383.64
  • tetherTether (USDT) $ 0.999964
  • rippleXRP (XRP) $ 0.238522
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 260.90
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.04
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 28.36
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.14
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 54.08
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 162.31