Taxa hash do Bitcoin aumenta 64% antes do halving e análise indica que preço vai ‘para cima’

Algumas semanas antes do halving de 2020 acontecer a taxa hash do Bitcoin aumentou em 64%, indicando que o preço da criptomoeda tende a subir no mercado, segundo uma análise publicada pelo perfil Glassdoor no Twitter.

A publicação mostra que o processo de mineração está consistente mesmo após a taxa hash despencar em março, acompanhando a impressionante queda de quase 50% no preço do Bitcoin.

Em menos de um mês a taxa hash conseguiu uma impressionante recuperação ao alcançar 64% de crescimento após despencar em março, demonstrando apoio indireto ao halving do Bitcoin que acontecerá na primeira quinzena de maio.

Taxa hash e o preço do Bitcoin após halving

A taxa hash é conhecida como uma unidade de medida para mensurar a capacidade do poder da rede de mineração do Bitcoin. Ela pode indicar a presença massiva de mineradores na rede, ou então o contrário, quando equipamentos são desligados.

Essa taxa é importante para a sobrevivência do Bitcoin e indica também como o mercado está se comportando em relação a criptomoeda. Até mesmo os efeitos do halving podem ser compreendidos pela taxa hash, por exemplo.

Dada tamanha importância, uma análise do perfil Glassnode mostra que o preço do Bitcoin pode se valorizar após o recente crescimento da taxa hash.

“A taxa de hash do Bitcoin se recuperou rapidamente de sua queda recente, mostrando uma clara tendência para cima à medida que nos aproximamos da metade”

Criptomoeda subiu 70%

A última queda da taxa hash do Bitcoin acompanhou a desvalorização da criptomoeda em quase 50% no mercado. Dois meses antes do halving o preço do Bitcoin voltou a ser cotado abaixo de US$ 5 mil, momento em que o hasharate também caiu.

Em menos de 30 dias uma impressionante recuperação fez com que o Bitcoin fosse cotado em valores acima de US$ 7.300 nas últimas semanas. Comparando com o preço da criptomoeda em 16 de março de 2020, o Bitcoin cresceu 70% após a queda da taxa hash.

Com uma mineração equilibrada, o Bitcoin segue para o terceiro halving de sua história. Entre os dias 8 e 14 de maio a criptomoeda terá sua recompensa pela mineração reduzida pela metade.

O mercado aguarda por um desempenho positivo para o Bitcoin, que tende a seguir o que aconteceu após os últimos halvings de 2012 e 2016. Com a taxa hash atualmente em 118.816 TH/s, a mineração parece não sofrer com o evento que se aproxima.

Conforme publicado pelo Cointelegraph, uma teoria sobre o halving de 2020 sugere que o preço do Bitcoin pode chegar até em US$ 100.000. Essa mesma teoria aposta que a criptomoeda valerá mais de US$ 1 milhão depois que o halving de 2024 acontecer.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 12,941.94
  • ethereumEthereum (ETH) $ 405.90
  • tetherTether (USDT) $ 0.999617
  • rippleXRP (XRP) $ 0.252584
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 270.59
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 12.10
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 29.96
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.29
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 59.23
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.107044