Grécia extradita para a França o russo Alexander Vinnik, acusado de ter lavado US$ 4 bilhões com Bitcoin

O Conselho de Estado da Grécia decidiu pela extradição para a França do ex-operador da agora fechada BTC-e, o russo Alexander Vinnik.