Suposto líder da Unick Forex é espancado pela guarda municipal de Tubarão (SC) e preso

Um vídeo publicado no YouTube mostra um homem de 41 anos sendo espancado pela Guarda Municipal de Tubarão – SC. Segundo publicação nas redes sociais, o homem seria um suposto ex-líder regional da Unick Forex, empresa que fechou por fraude bilionária em 2019.

O homem resistiu à prisão e até tentou desarmar um dos guardas municipais que participava da operação.

De acordo com o boletim sobre o caso, a confusão começou após o suposto líder da Unick Forex se recusar a sair de uma vaga destinada a carga e descarga de mercadorias em um estacionamento no centro de Tubarão – SC.

A Unick Forex, empresa que o homem agredido trabalhava, teve suas operações encerradas após a Operação Lamanai deflagrada no final de 2019. Até então, o negócio oferecia lucros de até 3% ao dia com investimentos financeiros que incluíam o Bitcoin.

Homem foi imobilizado pela Guarda Municipal

Ao ser abordado no estacionamento em uma vaga proibida, o suposto ex-líder, segundo testemunhas, não queria deixar o local. Ele discutiu com os guardas que participaram da abordagem e empreendeu uma fuga do local, sendo perseguido posteriormente.

O homem preso desacatou os guardas que estavam na ocorrência, além de fazer ameaças, de acordo com o boletim policial.

Líder da Unick Forex tentou fugir da prisão

Durante a fuga, o suposto líder da Unick Forex dirigiu na contra mão. A investigação sobre o caso mostra que ele quase atropelou dois guardas municipais, além de pedestres que passavam pelo local no momento da confusão.

Ao ser abordado pelos guardas logo após a perseguição, o homem teria resistido à prisão. Além disso, ele tentou desarmar um dos guardas, momento em que as autoridades decidiram imobilizá-lo no chão.

Imobilizado, o líder da Unick Forex foi agredido pelos guardas municipais. O vídeo com imagens da agressão foi compartilhado no YouTube é sanha repercussão do caso fez com que a prefeitura da cidade se posicionasse sobre o assunto.

De acordo com a prefeitura, uma investigação será conduzida sobre o homem que aparece sendo agredido após ser imobilizado pela Guarda Municipal de Tubarão- SC.

“A prefeitura de Tubarão, diante da repercussão de um vídeo que mostra uma ação da Guarda Municipal, ocorrida na última segunda-feira, através da Procuradoria Geral do município está instaurando processo administrativo para apurar os fatos e tomar as medidas legais cabíveis.

De pronto, reiteramos nosso compromisso com a promoção da segurança dos cidadãos tubaronenses, rechaçando qualquer manifestação de violência. 

Tubarão, 18 de junho de 2020″.

Empresa operava com investimentos em Bitcoin

O homem agredido pela (GMT) é apontado como suposto líder da Unick Forex. A empresa, investigada como sendo uma pirâmide financeira, atuava com investimentos em Bitcoin.

Líderes da Unick Forex são pessoas que eram responsáveis por formar uma rede de indicados para o esquema, que oferecia lucros de 90% ao mês.

Essas pessoas recrutavam novos investidores através da posição de líderes, que recebiam prêmios e comissões por cada pessoa indicada.

Antes de encerrar as atividades, a Unick teve mais de um milhão de clientes, segundo investigação.

Com a Operação Lamanai deflagrada em 2019, as atividades da Unick Forex foram suspensas pela polícia.

No total, as autoridades encontraram 1.500 unidades de Bitcoin (BTC) em posse de líderes da empresa.

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 49,757.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,564.69
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.24
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 250.12
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 37.81
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • xrpXRP (XRP) $ 0.444830
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 193.39
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 30.54
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 535.19