Procura pelo halving do Bitcoin explode no Google Trends e São Paulo fica para trás no ranking brasileiro

A procura pelo termo “halving Bitcoin” no Google Trends demonstra um repentino crescimento do interesse pelo assunto no Brasil, e alguns estados já lideram essa pesquisa no motor de busca mais utilizado da internet.

Considerado o “centro financeiro do país”, o estado de São Paulo surpreende ao aparecer em quinto lugar no ranking semanal de pesquisa sobre o termo “halving Bitcoin” no Google.

Por outro lado, Santa Catarina é o estado brasileiro que mais concentra pesquisas sobre a redução na recompensa da atividade de mineração da criptomoeda nos últimos sete dias.

Faltando menos de uma semana para o halving do Bitcoin acontecer, o indicador do Google Trends mostra uma concentração em buscas sobre o evento na internet na região sul do Brasil.

Santa Catarina lidera pesquisas sobre halving do Bitcoin

Segundo o Google Trends, Santa Catarina é o estado brasileiro que centraliza mais pesquisas sobre o halving do Bitcoin nos últimos sete dias, sendo que em segundo lugar no ranking aparece o Distrito Federal.

Em terceiro colocado no Google Trends está o Rio Grande do Sul, que completa a lista dos três principais estados que mais pesquisaram sobre o halving do Bitcoin recentemente.

O estado gaúcho em terceiro lugar neste ranking mostra uma concentração de pesquisas no sul do Brasil sobre o termo “halving Bitcoin”, já que Santa Catarina está em primeiro lugar.

As pesquisas sobre a redução da recompensa na mineração do Bitcoin exibe o Rio de Janeiro como sendo o quarto estado da lista, seguido de São Paulo em quinto lugar.

O Paraná é considerado o sexto estado com mais procura pelo halving do Bitcoin no Google, e para completar o ranking, Minas Gerais ostenta a sétima posição, acompanhado de Mato Grosso, Espírito Santo e Pernambuco, respectivamente.

Nordeste quase não aparece no ranking

A procura pelo termo “halving Bitcoin” no Google exibe apenas um estado da região do Nordeste entre os dez estados da lista, sendo Pernambuco o último colocado do ranking.

Enquanto isso, os estados brasileiros da região sul e sudeste estão todos representados na lista fornecida pelo Google Trends. No entanto, o contrário é observado na região Norte que segue sem nenhum representante no ranking sobre o halving do Bitcoin no Brasil.

O halving do Bitcoin está previsto para acontecer na próxima terça-feira (12) e pode impactar o preço da criptomoeda, além de reduzir para 6,25 (BTC) a recompensa por cada bloco minerado a partir da próxima semana.

O crescimento da procura pelo termo no Google reforça o interesse do mercado na redução da recompensa na mineração do Bitcoin não somente no Brasil, como também no mundo todo.

Conforme foi noticiado pelo Cointelegraph, a Europa domina entre os países com mais buscas pelo halving do Bitcoin no Google Trends. O ranking mundial mostra a Suíça como sendo o país que mais procura informações sobre o evento na internet.

Essa classificação ainda traz a Holanda em segundo lugar, além da Eslovênia, Estônia e Áustria que completam o ranking dos cinco países que mais pesquisam sobre o halving no mundo, sendo o Brasil o 55º colocado dessa lista.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 12,203.42
  • ethereumEthereum (ETH) $ 378.23
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • rippleXRP (XRP) $ 0.248936
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 250.99
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 29.46
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 10.33
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.03
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.104906
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 49.28