Polícia procura por ator ligado a pirâmide financeira de R$ 50 milhões com Bitcoin que teve mansão incendiada

A Polícia Civil cumpriu mandado de busca contra ‘ator’, apontado como líder de uma pirâmide financeira de R$ 50 milhões que envolvia investimentos em Bitcoin. Segundo o GaúchaZH, foram encontrados R$ 30.000 em um apartamento que pertence ao líder do esquema.

Além disso, um revólver foi apreendido pelas autoridades durante a busca na residência do acusado. Dois notebooks e três celulares também foram levados pela Polícia Civil.

Anteriormente ao mandado de busca, uma mansão de R$ 3 milhões foi incendiada em Taquara – RS. De acordo com a investigação sobre o caso, o imóvel luxuoso pertencia a líderes do esquema.

No entanto, o suspeito de operar a pirâmide financeira que pode ter feito 200 vítimas no Rio Grande do Sul não foi encontrado pelas autoridades. O mandado de busca contra o “ator” faz parte da Operação Faraó, deflagrada ainda em junho de 2020.

‘Ator’ liderava pirâmide financeira com Bitcoin

Apontado como líder de um esquema de R$ 50 milhões com Bitcoin, o investigado apresentava-se como “executivo de instituição financeira”. Conhecido pela alcunha de “ator”, o homem investigado não foi encontrado pelas autoridades.

No total, mais de 200 vítimas podem ter perdido dinheiro com a promessa de lucro fácil. Sem encontrar o suspeito, a Polícia Civil apreendeu equipamentos eletrônicos e uma arma de fogo encontrada no endereço do líder da pirâmide financeira.

Por outro lado, foram encontrados também R$ 30.0000 em “dinheiro vivo”. Sem ter o nome divulgado, as autoridades procuram “ator” para um esclarecimento sobre o negócio. Sendo assim, um mandado de prisão ainda não foi expedido.

São 14 pessoas indiciadas por participação no esquema que envolvia investimentos em Bitcoin. Além de criptomoedas, o negócio investigado operava outros investimentos, como aquisição de imóveis e aplicações na bolsa de valores.

Mansão incendiada

Conforme noticiou o Cointelegraph, uma mansão em Taquara- RS foi incendiada logo após a Polícia Civil cumprir mandado de busca no local. O imóvel é avaliado em R$ 3 milhões e pode ter sido incendiado de forma criminosa.

Antes de arder em chamas, a mansão com piscina de borda infinita foi saqueada. As investigações apontam que a pirâmide financeira pode ter adquirido 34 imóveis no total, além de 30 veículos.

Na mansão incendiada a Polícia Civil encontrou carros de luxo, além de um bunker que revelava três andares no subsolo. De acordo com o GaúchaZH, dois investigados por atuarem na pirâmide financeira abriram uma empresa de consultoria financeira em Taquara – RS, onde o imóvel foi incendiado.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 46,453.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,477.32
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.11
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 224.60
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 30.42
  • xrpXRP (XRP) $ 0.430426
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 170.92
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 24.83
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 481.86