Pesquisa revela que criptomoedas listadas na Coinbase valorizam

A empresa de análise de dados de criptomoedas Coin Metrics reconheceu a existência de um “Efeito Coinbase” em um novo relatório publicado nesta terça-feira, dia 23 de junho. Entretanto, a empresa afirma que o impacto da listagem de criptoativos pela exchange é mais limitado do que se imaginava.

Intitulado “Alquimia Digital: As listas da Coinbase transformam Altcoins em ouro?”, o documento analisa a influência histórica nos preços dos ativos imediatamente após o anúncio de listagem pela Coinbase.

Impacto apenas moderado

Segundo a Coin Metrics, esses anúncios de “exploração” tendem a impactar menos os preços dos ativos mencionados. Para a empresa, “os movimentos de preços em torno desses eventos são menos significativos”. Além disso, estariam relacionados ao regime geral do mercado no momento do anúncio.

Assim, esse “Efeito Coinbase” teria um impacto apenas moderado sobre os preços dos ativos. Isso porque, de acordo com o relatório, a elevação média e mediana varia de -1% a 14% em relação aos benchmarks dólar, Bitcoin e Ethereum. 

Metodologia

Nesse contexto, a Coin Metrics analisou principalmente as condições de mercado no momento do anúncio e como os diferentes ambientes de mercado afetaram as listagens. Com isso, a empresa concluiu que esses eventos não produziram desvios significativos na atividade de mercado.

No relatório, a Coin Metrics analisou três cenários em que a Coinbase anunciou que estava explorando ativos para possíveis listagens. O primeiro em dezembro de 2018, o segundo em agosto de 2019 e o último em junho de 2020.

Assim, a empresa explorou o desempenho posterior dos ativos mencionados bem como as condições do mercado.

O impacto da listagem

Além de analisar os cenários de rumores sobre uma listagem potencial de ativos, a Coin Metrics revisou o impacto do anúncio de listagem real nos preços dos ativos listados nos 10 dias anteriores e posteriores ao anúncio. 

Gráfico Coin Metrics usd

 

Gráfico Coin Metrics btc

 

Gráfico Coin Metrics eth

Os três gráficos acima mostram as tendências das 16 listagens da Coinbase . Assim, 10 de 16 (62,5%) se valorizaram em relação ao USD, 10 em 17 (62,5%) contra o BTC e 7 em 16 (64%) contra ETH.

“Esses resultados de alto nível e o tamanho da amostra relativamente limitado nos levariam a acreditar que um ativo listado na Coinbase provavelmente se valorizará nos dez dias úteis seguintes”, diz a Coin Metrics.

No entanto, segundo a empresa, os valores médios e medianos para apreciação em relação aos benchmarks situam-se apenas entre -1% e + 14%. 

Conclusão

A análise da Coin Metrics percebeu que os impactos de curto prazo dos anúncios de “exploração” e de listagem estão sujeitos à tendência mais ampla da classe de ativos.

“O curto prazo, 10 dias, as alterações de preço tendem a ser temporariamente inclinadas em direção à tendência mais ampla do mercado no momento do evento. Com o tempo, essas distribuições se achatam, com as alterações de preço de 100 dias se tornando mais normalmente distribuídas em uma ampla variedade”, concluiu a empresa.

Leia também: Estudo: 47% dos consumidores brasileiros se recusam a usar criptomoedas como meio de pagamento

Leia também: Trader com 40 anos de experiência dá dicas para quem quer seguir a carreira

Leia também: Ethereum está dando retornos de 100% a usuários por meio de DeFi

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 50,504.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,615.52
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 253.21
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.04
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 33.58
  • xrpXRP (XRP) $ 0.469803
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 181.72
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 27.46
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 529.74