PayPal foca em criptomoedas para suas novas soluções em desenvolvimento

Uma carta enviada pelo PayPal à Comissão Europeia reforça o envolvimento da empresa com o mercado de criptoativos.

No documento, o PayPal afirma que está “monitorando a evolução do espaço de criptoativos.” Além disso, tomou “medidas unilaterais e tangíveis para desenvolver ainda mais suas capacidades nessa área.”

A carta do PayPay foi em resposta a uma inciativa da Comissão de dezembro de 2019. Na ocasião, o órgão solicitou feedbacks a respeito de uma possível regulamentação para os criptoativos no bloco.

Inclusão e melhora dos serviços financeiros com blockchain

Em sua carta, o PayPal fez uma boa defesa de criptoativos e blockchain. Estas seriam “ferramentas de inclusão financeira” muito eficientes.

“Blockchain e criptoativos podem ajudar a alcançar uma maior inclusão financeira no mundo. Consequentemente, podem ajudar a reduzir ou eliminar alguns dos pontos problemáticos que existem hoje em serviços financeiros”, afirmou o PayPal.

Adicionalmente, a empresa também defendeu a regulamentação desse mercado. Para o PayPal, isso ajudará a criar regras claras e proteger investidores e empresas.

“À medida que essas tecnologias continuam evoluindo, acreditamos que uma regulamentação cuidadosa promoverá inovação e clareza ao mercado. Isso pode ajudar a indústria a crescer e prosperar”, disse o comunicado.

“Qualquer estrutura regulatória na Europa deve se esforçar para ser neutra em termos de tecnologia para apoiar a inovação e a concorrência neste espaço em rápida evolução”, disse PayPal.

PayPal entra de vez nos criptoativos

Além da preocupação com o mercado, o PayPal tem seus próprios interesses. A empresa possui uma licença de operação em Luxemburgo, e, com isso, consegue atender toda a Europa.

Atualmente, o PayPal atende clientes e empresas em 31 jurisdições europeias, representando cerca de 95 milhões de comerciantes e consumidores. Dessa forma, há um grande mercado potencial consumidor de serviços de criptoativos da empresa.

Conforme relatou o CriptoFácil, o PayPal estuda fornecer compra e venda de Bitcoin em sua plataforma. Além disso, a empresa poderá fornecer serviço de custódia também, serviço que ela já fornece para várias moedas fiduciárias.

Leia também: Volatilidade do Bitcoin atinge nível mais baixo em três anos, aponta análise

Leia também: Banco Central: decisão contra o WhatsApp Pay não buscou favorecer o PIX

Leia também: Moedas digitais de governos impactarão privacidade, soberania monetária e geopolítica

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 47,035.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,466.81
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.12
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 220.92
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 32.67
  • xrpXRP (XRP) $ 0.457236
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 172.35
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 26.42
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 481.85