Para incentivar restaurantes na crise do coronavirus Stella Artois ‘dá’ R$ 50 para brasileiros gastarem nos estabelecimentos

Em busca de auxiliar restaurantes e bares na crise econômica causada pelo avanço do coronavírus no Brasil, a cervejaria Stella Artois da fabricante Ambev,  anunciou  que vai ‘dar’ R$ 50 para que brasileiros possam gastar nestes estabelecimentos.  A ‘doação’ faz parte de uma campanha criada pela CP+B, agência de publicidade de Stella Artois no Brasil.

Para participar e ‘ganhar’ seus R$ 50 os interessados devem acessar o site oficial da campanha chamada de “Apoie Um Restaurante”, e comprar um voucher de R$ 50 reais. Ao efetivar a compra, automaticamente o cliente recebe um voucher de R$ 100 que ele poderá, posteriormente, trocar por produtos nos estabelecimentos selecionado que é participantes da campanha e que receberam o valor integral da compra direto da cervejaria.

Serão disponibilizados milhares de cupons para resgate em diversas regiões do Brasil. O objetivo da campanha é reunir mais de 1.000 estabelecimentos de alimentação na plataforma. Desse modo, o cliente ganha 50% de desconto na compra, a Stella Artois paga a outra metade e o restaurante ou bar arrecada receita mesmo de portas fechadas. O valor será 100% revertido aos estabelecimentos.

O projeto conta com a parceria da fintech brasileira de meios de pagamento Stone que não cobrará qualquer taxa para os restaurantes participantes e também se comprometeu a transferir na hora a verba obtida pela venda dos vouchers. A campanha será divulgada com a hashtag #ApoieUmRestaurante.

Por conta da quarentena imposta para impedir o avanço do coronavírus a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, estima uma queda de faturamento de mais de 80% desde o início do isolamento. Segundo a Associação isto tem afetado diretamente a geração de caixa sobretudo dos pequenos e médios negócios, que representam mais de 90% do setor de alimentação fora do lar.

Como noticiou o Cointelegraph, a Ambev, dona da Stella Artois firmou uma parceria com a startup em blockchain Green Mining e inaugurou em 2019 um hub de coleta de lixo reciclável em Brasília, Distrito Federal. Por meio da parceria blockchain é utilizada no rastreamento da reciclagem de vidro permitindo identificar os locais de maior geração de resíduos depois do consumo, focando em garrafas de vidro descartadas pelos bares da capital brasileira.

A Green Mining é parceira da organização europeia de sustentabilidade “Friends of Glass” para reaproveitamento do vidro produzido, com Hubs já implementados em São Paulo e agora em Brasília, com promessa para expansão para 20 cidades do Brasil. O vidro coletado é 100% reaproveitável e um dos materiais que mais demoram a se decompor na natureza.

LEIA MAIS: 6 filmes sobre o Bitcoin para assistir em casa durante o isolamento contra coronavírus
LEIA MAIS: Quarentena: Confira mais de 100 mil vagas em cursos gratuitos e online de JavaScript, HTML, Python, Blockchain, IA e outros

Artigo

Leave a Comment

bitcoin
Bitcoin (BTC) 35.162,41 0,30%
ethereum
Ethereum (ETH) 2.189,07 5,81%
tether
Tether (USDT) 0,840977 0,03%
binance-coin
Binance Coin (BNB) 288,28 6,07%
cardano
Cardano (ADA) 1,15 4,44%
xrp
XRP (XRP) 0,644503 1,84%
dogecoin
Dogecoin (DOGE) 0,182890 3,26%
usd-coin
USD Coin (USDC) 0,839852 0,19%
polkadot
Polkadot (DOT) 15,53 13,57%
binance-usd
Binance USD (BUSD) 0,839881 0,24%