Um provedor de node do Chainlink (Link) está lançando um domínio “unstoppable” com feeds de preços de criptomoedas qualificados.

O Vulcan Link está colocando os feeds de preços de criptomoeda do Chainlink em um domínio “.crypto”. Os domínios são vendidos pela Unstoppable Domains e residem na blockchain Ethereum, o que deve torná-los resistentes à censura.

Embora os feeds de preços do Chainlink sejam descentralizados, empresas como o Vulcan Link precisam contar com registradores de domínio centralizados como GoDaddy e serviços de hospedagem centralizada como Google ou Amazon Web Services para seus próprios sites. Teoricamente, o site deles pode ser desativado a qualquer momento.

Ao contrário de um domínio “.com”, os usuários podem comprar um domínio “.crypto” diretamente. Enquanto a blockchain Ethereum estiver em execução, o domínio deverá estar operacional. Embora os domínios “.crypto” ainda não sejam suportados por todos os principais navegadores, o Opera Browser anunciou o suporte no final de março. 

DApps ainda estão vulneráveis

Em uma entrevista ao Cointelegraph, o cofundador da Unstoppable Domains, Brad Kam, disse que é irônico que os aplicativos descentralizados (DApps) ainda tenham um único ponto de falha:

“E esse é basicamente um problema que os DApps têm, em geral, onde a proposta de valor para eles é que eles são resistentes à censura. Mas eles têm esse problema em que têm um nome de domínio que pode ser removido ou que um site pode ser removido. E é difícil, então, que outras pessoas construam infraestrutura sobre eles se tiverem esse ponto de falha.”

Kam admite, no entanto, que a migração iminente para o Ethereum 2.0 pode representar um desafio para os DApps.

Recentemente, os oráculos do Chainlink foram nativamente integrados ao ecossistema Tezos (XTZ), tornando o ecossistema local DeFi mais robusto. Essa é outra etapa para tornar o espaço cripto autossuficiente e invulnerável.

Leia mais:

Artigo

Leave a Reply