Mineradora de criptomoedas Bitfarms reduz custos e funcionários devido à crise do COVID-19

A empresa canadense de mineração e blockchain de capital aberto Bitfarms está temporariamente reduzindo a equipe, citando o custo econômico e social da pandemia do COVID-19.

Em uma atualização publicada em 6 de abril, a empresa revelou que conseguiu manter um hashrate médio diário de aproximadamente 750 PH desde 19 de março, otimizando suas operações para maximizar seu poder de computação.

Isso, segundo a Bitfarms, significa que a empresa conseguiu “gerar fluxo de caixa positivo em […] tempos difíceis”, observando o caos nos mercados tradicionais e de criptomoeda.

No entanto, a empresa também revelou outro componente para manter sua viabilidade durante a crise – tomando medidas temporárias para reduzir o pessoal “de acordo com as orientações do governo”.

Isso, observa, visa ajudar a combater a propagação da doença, embora a Bitfarms não revele detalhes de seus acordos com os trabalhadores.

O restante da atualização da Bitfarms aponta para medidas tomadas para reduzir permanentemente os custos indiretos em áreas como despesas administrativas, visando uma economia geral de 20 a 25%. O diretor financeiro John Rim disse:

“A busca por eficiência de custos é consistente com nosso modelo de negócios e a tese de que mineradores eficientes como a Bitfarms estarão melhor posicionados para suportar a volatilidade de curto prazo na economia da mineração e permanecerem lucrativos a longo prazo, incluindo os possíveis desafios relacionados ao futuro halving do Bitcoin.”

Eficiência na mineração 

Conforme relatado recentemente, algumas empresas de mineração aparentemente estão conseguindo resistir à crise do COVID-19 e à volatilidade do mercado, ao menos até agora.

Em março, a empresa de mineração listada na Bolsa de Londres, Argo Blockchain, quebrou seus próprios recordes de mineração de Bitcoin (BTC), informando ao Cointelegraph que as operações em seus sites na América do Norte não foram afetadas pela pandemia.

O foco do ano, à parte do COVID-19, é o halving do Bitcoin em maio de 2020 – como observado pela Bitfarms em sua atualização. O ajuste, definido para reduzir as recompensas de mineração em 50%, deve apresentar um desafio para a lucratividade no setor de mineração global.

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,742.45
  • ethereumEthereum (ETH) $ 385.93
  • tetherTether (USDT) $ 0.998105
  • rippleXRP (XRP) $ 0.239408
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 262.23
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.13
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 28.41
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.16
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 55.53
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 166.52