A gigante do setor de pagamentos Mastercard continua focada na indústria de ativos digitais, e mais uma vez está abrindo espaço para start-ups do universo cripto em seu programa de aceleração de fintechs.

Na terça-feira, a empresa anunciou uma nova etapa do programa de engajamento de startups Mastercard Start Path, uma aceleradora para startups do setor de fintechs. O objetivo é apoiar empresas que trabalham com ativos digitais, criptomoedas e tecnologia blockchain.

O programa incluiu sete novas startups, incluindo a Uphold, que oferece carteiras digitais e plataformas de negociação de ativos aos seus usuários, a GK8, empresa de armazenamento de dados criptográficos, a Domain Money, uma plataforma de investimento dos EUA, a SupraOracles, dedicada ao desenvolvimento de tecnologia blockchain, a STACS, uma provedora de infraestrutura para blockchains, e a empresa de ativos digitais Taurus e Mintable, um marketplace para emissão e negociação de tokens não fungíveis (NFTs).

As novas adições se alinham ao compromisso da Mastercard de expandir e acelerar a inovação em tecnologia de ativos digitais, garantindo maior segurança para investidores de criptomoedas, declarou a empresa.

Como parte do programa, cada start-up deverá resolver um desafio único. As empresas contarão com o apoio e a experiência da Mastercard para desenvolvimento de seus produtos e serviços em conexão com o ecossistema de bancos, lojas e demais parceiros internacionais da gigante financeira.

Jess Turner, vice-presidente executiva da infraestrutura digital e fintechs da Mastercard, ressaltou que a empresa está envolvida com o ecossistema de moedas digitais desde 2015. “Acreditamos que podemos desempenhar um papel fundamental no setor de ativos digitais, ajudando a moldar a indústria e oferecendo ao consumidor proteção e segurança em suas transações. Parte da nossa função é forjar o futuro das criptomoedas, e estamos fazendo isso através da união de princípios financeiros tradicionais com as inovações dos ativos digitais”, afirmou ela.

Lançado em 2014, o Mastercard Start Path é um programa de aceleração de seis meses que auxilia as start-ups participantes na expansão e na comercialização de seus produtos e serviços. De acordo com a empresa, mais de 250 start-ups já participaram do programa desde o seu lançamento. No início deste ano, o Mastercard Start Path incluiu seis outras start-ups dedicadas a ativos digitais, incluindo a Moeda Seeds.

Relacionada: MasterCard faz parceria para ajudar bancos a distribuir cartões cripto

A notícia chega logo após a Mastercard divulgar planos para renovar seu programa de cartões cripto para permitir que os bancos tradicionais ofereçam cartões habilitados para compras com criptomoedas dentro da rede de pagamento da Mastercard.

Ao aumentar ainda mais seu incentivo à indústria, a MasterCard repete os passos de sua principal concorrente, a Visa. No início de julho, em sua última atualização sobre sua atuação no setor, a Visa disse que continuaria a apoiar o desenvolvimento da indústria de criptomoedas como parte de sua estratégia de negócios, e informou que seus cartões habilitados para pagamentos através de criptomoedas movimentaram mais de US$ 1 bilhão no primeiro semestre de 2021.

LEIA MAIS

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo