Maior fabricante de semicondutores da China planeja fabricar ASIC para mineração de Bitcoin

A Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC), a maior fabricante de semicondutores da China firmou uma parceria com a Canaan Technology, principal concorrente da Bitmain, e deve fabricar ASIC exclusivos para mineração de Bitcoin, conforme reportou em 13 e abril o Internet Laoyaoba.

Segundo a reportagem as empresas já teriam concluído os testes para a produção em massa de chips ASIC de 14nm que já serão incorporados em um novo equipamento da Canaan que deve ser lançado ainda no primeiro semestre do ano visando fornecer um equipamento mais eficiente para mineradores pós-halving, no qual, segundo a empresa, a competição por eficiência energética x eficiência de mineração vai se intensificar ainda mais deixando obsoletos boa parte do equipamentos atuais.

Por conta da parceria, até o final de 2020, a SMIC espera aumentar a produção de chips de 14 nm de 4.000 peças por mês para 15.000 peças que também devem atender a Huawei, outra gigante chinesa que planeja usar os novos chips da empresa em seu smartphone Honor Play 4T que será baseada no processador Kirin 710A de 14 nm.

Embora, em tese, wafers de silício com menos nanômetros sejam considerados mais eficientes e portanto os chips de 7nm da Bitmain seriam mais eficazes que os de 14nm da Canaan, especialistas ouvidos pelo Cointelegraph destacaram que a lógica não é tão óbvia assim e que o desempenho e eficácia destes dispositivos não é dimensionado exatamente com o tamanho do transistor e, em escalas tão pequenas, esses números não são mais precisos.

Desta forma os equipamentos de mineração da Canaan podem ser mais eficientes que seus pares da Bitmain independente do tamanho dos nanômetros, “Além dos wafers há diversos outros componentes em um ASIC, embora os nanômetros estejam diretamente ligados a capacidade de processamento, não necessariamente o tamanho deles significa mais eficiência, a montagem de um equipamento dedicado, como são os ASIC envolvem outros fatores que também estão ligados ao próprio software do Bitcoin”, resumiram

Há menos de 30 dias para o halving, toda a indústria de criptomoedas aguarda como preço do Bitcoin vai se comportar depois do evento e como ele impactará a industria cripto e a mineração da principal criptomoeda do mercado. Nos recentes halving do Bitcoin Cash (BCH) e Bitcoin Satoshi Vision (BSV) houve uma queda brusca no hashrate deixando as redes vulneráveis a um ataque de 51%.

Embora isto seja improvável no caso do BTC muitos players da indústria tem dito que esperam uma queda de até 35% no hashrate do Bitcoin impulsionada principalmente pelo desligamento em massa dos Antiminer S9 da Bitmain que hoje ainda respondem por mais de 50% do hashrate da rede.

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 19,217.32
  • ethereumEthereum (ETH) $ 601.94
  • rippleXRP (XRP) $ 0.622802
  • tetherTether (USDT) $ 0.999739
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 87.90
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 13.83
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 288.94
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.40
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.159656
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.18