Justiça bloqueia bens da G44 Brasil e carro de luxo de R$ 600 mil pode ser apreendido para pagar clientes

A G44 Brasil terá bens bloqueados para quitar uma dívida com um cliente que investiu na empresa investigada como “pirâmide financeira”. Segundo decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) dinheiro e automóveis podem ser arrestados em nome do negócio.

Com a determinação, um veículo de luxo adquirido recentemente pela G44 Brasil poderá ser apreendido para o pagamento de dívidas. Além de dinheiro bloqueado em contas bancárias, o arresto de veículos também foi aprovado pela Justiça nesse caso.

O usuário que solicitou o bloqueio de bens possui mais de R$ 142.000 para receber da G44 Brasil, de acordo com o processo. Atraído pela promessa de lucro fácil oferecido pelo esquema, o cliente pede o arresto de bens para ter de volta o dinheiro que foi investido.

Dinheiro e veículos bloqueados da G44 Brasil

Uma publicação do TJDFT nesta sexta-feira (3) traz o deferimento do pedido de arresto de bens realizado por um cliente da G44 Brasil. Ele solicita que dinheiro e carros sejam bloqueados para pagar a dívida da empresa apontada como pirâmide financeira.

A decisão mostra que o pedido de tutela de urgência foi acolhido pela Justiça, que solicitou o arresto de bens em contas ligadas às quatro empresas que aparecem como réus e que compõem o grupo econômico da G44 Brasil.

O cliente da G44 Brasil que processa a plataforma possui mais de R$ 142.000 para receber. De acordo com denúncias sobre a empresa, os pagamentos foram interrompidos no final de 2019, e desde então os investidores nada recebem. 

Sem respostas, o cliente da G44 Brasil decidiu procurar a Justiça, que deferiu o arresto de bens em nome da plataforma, que prometia lucros de até 200% com investimentos em vários mercados, inclusive em Bitcoin. 

“Defiro a tutela de urgência, para determinar que se promova, por intermédio dos sistemas BACENJUD e RENAJUD, sucessivamente, o bloqueio de bens integrantes do acervo patrimonial das demandadas, até o limite do valor de R$ 142.911,00.”


G44 Brasil foi denunciada em reportagem do SBT (Reprodução)

Carro de luxo de R$ 600 mil foi comprado à vista

A decisão sobre o cliente que investiu mais de R$ 142.000 na G44 Brasil solicita o bloqueio de veículos em nome do negócio. Dessa forma, um veículo de luxo de R$ 600.000 pode ser arrestado para pagar a dívida com o investidor.

Em outro processo judicial contra a G44 Brasil, uma nova denúncia contra a empresa alega que um carro de R$ 600.000 foi comprado à vista pelo negócio, que ainda está com saques em atraso.

“A empresa adquiriu, no dia 8/3/2020, um carro de luxo, à vista, no valor de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), conforme recibo que colaciona aos autos de origem.”

A plataforma apontada como pirâmide financeira adquiriu um carro valioso recentemente, mesmo com saques pendentes desde o final de 2019. Com a decisão desfavorável da Justiça, o veículo poderia ser utilizado para o pagamento da dívida denunciada pelo outro investidor.

A G44 Brasil também foi denunciada na televisão, com reportagens publicadas pelo canal SBT, conforme noticiou o Cointelegraph. Segundo a reportagem, o negócio é considerado um “golpe bilionário” que fez mais de dez mil vítimas em todo o país.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 46,116.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,456.04
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 224.22
  • tetherTether (USDT) $ 0.995787
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.05
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 30.51
  • xrpXRP (XRP) $ 0.416565
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 174.09
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 24.24
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 483.20