Grandes Escritórios de advocacia são vítimas de hackers pedindo recompensa em Bitcoin

Grandes escritórios de advocacia têm sido vítimas de hackers, que invadem sistemas e bloqueiam o acesso, pedindo Bitcoins de recompensa. A matéria é do portal Sempre Update.

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, o escritório Grubman, Shire, Meiselas & Sacks, nos Estados Unidos, teve 756 GB em dados de clientes como Madonna, Elton John, Drake, Facebook, Sony e HBO roubados por hackers, que pediram nada menos que US$ 21 milhões em BTC como resgate.

O FBI teria investigado o caso e descoberto que o ataque aconteceu com técnicas de ransomware, provavelmente com anexos falsos de e-mails. O malware bloqueia os sistemas ligados ao computador, criptografa as pastas e impede o acesso, pedindo o resgate.

No Brasil, segundo Guilherme Gueiros, advogado criminalista e sócio do Urbano Vitalino Advogados, escritórios tradicionais também estão sendo vítimas de agentes maliciosos, com uso da invasão para fins de extorsão, ele destaca.

A Polícia Federal monitora os crimes através do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos, com 15 delegacias especializadas pelo Brasil.

O advogado diz que com a pandemia e o uso intensivo de computadores, os escritórios ficam mais vulnerávels a prejuízos. Ele recomenda a adoção de investimentos em tecnologias de segurança da informação e a realização de backups periódicos como segurança.

Em maio, a Interpol também lançou a campanha #hashyourcyberhands, em parceria com a Kapersky, que visa proteger e prevenir novos ataques do tipo.

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 18,778.52
  • ethereumEthereum (ETH) $ 582.75
  • rippleXRP (XRP) $ 0.633632
  • tetherTether (USDT) $ 0.998405
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 336.76
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 15.12
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 86.22
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.48
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.159896
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 32.61