Golpes com Bitcoin são executados em canais do YouTube

Diversos canais do YouTube são hackeados, em golpe semelhante ao que aconteceu com o Twitter, há algumas semanas. Criminosos invadem contas e postam lives com a imagem de Elon Musk para arrecadar Bitcoin.

A disseminação de golpes com Bitcoin em propagandas do YouTube foi recentemente reportada pelo CriptoFácil. Isso aconteceu porque a empresa não está sendo capaz de conter esses golpes, até o momento.

Porém, o problema parece ser pior do que se sabia: aparentemente, vários canais estão sendo hackeados, num golpe semelhante ao que aconteceu com o Twitter, há três semanas.

Canais do YouTube são hackeados

Canais do YouTube são hackeados em golpe com Bitcoin

A notícia foi dada em primeira mão por Rod Breslau. Assim, diversos canais verificados do YouTube foram hackeados e tiveram os seus nomes mudados para “Elon Musk SpaceX”.

Após o hack, esses canais passaram a exibir uma live com a imagem de Elon Musk. Contudo, o streaming utiliza a imagem do investidor de maneira fraudulenta, prometendo dobrar o depósito em Bitcoin das pessoas que estão assistindo ao vídeo.

Naturalmente, as pessoas que depositam os seus Bitcoins nunca obtém um retorno.

No momento em que esse artigo foi escrito, havia ao menos uma live fraudulenta sendo transmitida pelos criminosos. Outra estratégia utilizada por eles consiste na compra de canais que possuem vários assinantes. Geralmente, são canais sobre Minecraft e outros jogos.

Após a compra, eles passam a transmitir a live, na esperança de arrecadar os Bitcoins das vítimas.

A estratégia dos golpistas é extremamente semelhante ao que aconteceu no Twitter, há três semanas. Naquele caso, várias contas verificadas foram hackeadas, com o objetivo de arrecadar Bitcoin das vítimas por meio da promessa de dobrar os seus investimentos.

Live promete Bitcoin em dobro aos investidores
Live promete Bitcoin em dobro aos investidores

YouTube tem relação turbulenta com o meio cripto

A comunidade cripto está extremamente insatisfeita com o YouTube, devido ao tratamento que a plataforma dispensa para o conteúdo sobre criptoativos.

Dessa maneira, é comum que o YouTube suspenda contas que falam sobre Bitcoin e outras criptomoedas. Além disso, videos com esses conteúdos são excluídos e desmonetizados com frequência. Canais pequenos e grandes são afetados, sem distinção.

Recentemente, um canal desses foi acusado de “promover atividades ilícitas”, por conta de discutir os criptoativos.

Ao mesmo tempo, o YouTube falha em proteger os usuários de golpes que utilizam Bitcoin, Monero e outras criptos. Frequentemente, são veiculados anúncios enganosos na plataforma. Por esse motivo, os entusiastas cobram um posicionamento mais coerente do YouTube, em relação ao conteúdo cripto.

Leia também: Hacker do Twitter tem mais de R$ 18 milhões em Bitcoin

Leia também: Ministério Público encontra indícios de pirâmide financeira em duas empresas

Leia também: Golpe com Bitcoin usa imagem de Tiago Leifert para atrair investidores

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 50,686.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,584.44
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.22
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 242.86
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 37.25
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • xrpXRP (XRP) $ 0.449232
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 188.10
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 29.99
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 526.94