Gigantes do petróleo vão dominar a mineração de BTC em cinco anos, diz Marty Bent

A mineração de Bitcoin (BTC) tem sido frequentemente criticada por seu uso exorbitante de energia, mas o podcaster Marty Bent adotou uma solução que, segundo ele, reduz o desperdício no setor de petróleo e gás (O&G).

Em um post no blog de 15 de abril, Bent revelou que desde o ano passado ele estava minerando Bitcoin com a empresa Great American Mining (GAM), usando o excesso de gás formado como subproduto do petróleo para abastecer as plataformas.

A GAM implantou sua primeira pequena operação de mineração na forma de um contêiner de transporte em um campo de petróleo em dezembro passado. Bent disse que foi o primeiro passo para incentivar os produtores de O&G a se tornarem “alguns dos maiores mineradores da rede Bitcoin”.

Ele elaborou o tópico em um podcast:

“O que estamos tentando fazer e alcançar na Great American Mining é fazer com que essas empresas de petróleo e gás tenham o momento ‘aha’ e percebam que devem estar investindo nisso e construindo uma infraestrutura de mineração em seu campo para que elas possam ser mais eficientes com seu gás desperdiçado … e, em geral, a longo prazo, ajudam o Bitcoin, protegem o Bitcoin e distribuem o Bitcoin ainda mais da perspectiva da mineração.”

O conceito

Os mineradores de Bitcoin estão procurando fontes de energia baratas e abundantes, enquanto as empresas de O&G estão procurando ser o mais eficientes e lucrativas possível. A GAM usa gás normalmente descartado como subproduto residual ou vendido – às vezes com prejuízo – em uma fonte de energia de mineração de criptomoeda.

“Se projetados corretamente, os contêineres de mineradores de Bitcoin têm um tempo de atividade muito superior e são 5 vezes mais lucrativos (em média) do que enviar o gás a um gasoduto para vender.”

Bent disse que não há necessidade de usar armazéns ou construir estruturas de aço para minerar Bitcoin quando existem os contêineres comuns:

“Você está vendo uma tendência agora, em que até locais centralizados estão adotando. Em vez de construir como um grande armazém e fazer toda a infraestrutura, eles estão realmente usando o modelo de contêiner como forma de construir no local … há um ano ou mais, esse não era o caso. E agora você está vendo lugares muito, muito grandes, você sabe, empilha 40, 50, 60 contêineres … é mais barato fazê-lo dessa maneira.”

O conceito está se tornando mais popular. Os irmãos Winklevoss investiram na Crusoe Energy Systems, uma empresa do Texas que converte os resíduos do excedente de gás natural em energia para mineração de criptomoedas. No Canadá, a empresa de mineração de petróleo Black Pearl Resources está minerando Bitcoin para ajudar a compensar os custos operacionais. Outra empresa canadense, Upstream Data, vende e aluga equipamentos móveis de mineração para produtores de O&G com o mesmo objetivo.

Os EUA não têm muita infraestrutura de mineração

Atualmente, a China é o destino principal das instalações de mineração de criptomoedas em escala industrial. Com seus custos de energia acessíveis, o país responde por aproximadamente 60-70% do consumo de energia da mineração no mundo inteiro.

Atualmente, a rede Bitcoin tem um consumo anual estimado de eletricidade de 73.374 TWh. À medida que a mineração se torna mais cara com o tempo, seu consumo de energia provavelmente também aumentará, levando os empreendedores a procurar soluções alternativas.

Bent disse que acreditava que a mineração de Bitcoin precisava ser mais distribuída geograficamente – a China atualmente domina a mineração da criptomoeda. Ele disse que a mineração de Bitcoin era uma enorme oportunidade econômica para a indústria de petróleo e gás dos EUA:

“Ainda estamos no começo neste jogo e em nossa jornada pessoal na GAM, mas estamos confiantes de que veremos essa visão se concretizar nos próximos cinco anos. Definitivamente, podemos fracassar (a menos que o governo comece a resgatar os mineradores de Bitcoin), mas com certeza vamos tentar.”

Leia mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 18,260.70
  • ethereumEthereum (ETH) $ 587.82
  • rippleXRP (XRP) $ 0.622227
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 13.76
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 288.51
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 79.66
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.168964
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.22
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.26