FBI: Relatórios de crimes cibernéticos aumentados em 2 a 3 vezes em meio ao COVID-19

Falando como parte de um painel on-line hospedado pelo think tank, o Aspen Institute, Tonya Ugoretz, Vice-diretor do Federal Bureau of Investigations (FBI), revelou que o número de relatórios de crimes cibernéticos recebidos pela agência mais do que triplicou em meio a pandemia do COVID-19. 

“Enquanto recebemos normalmente 1.000 reclamações por dia através de nosso portal na Internet, agora estamos recebendo algo entre 3.000 e 4.000 reclamações por dia”, afirmou Ugoretz, acrescentando: “Nem todas estão relacionadas ao COVID, mas um bom número de esses são.”

O agente do FBI observou que “houve um breve momento em que esperávamos ” […] que cibercriminosos também são seres humanos”, e talvez eles pensassem que visar ou tirar proveito dessa pandemia para lucro pessoal poderia ser algo que eles considerassem repugnante. ” 

“Infelizmente esse não foi o caso”, acrescenta ela.

O cibercrime prolifera em meio à pandemia de COVID-19

A dark web também pareceu oferecer um ‘breve momento de reflexão’ recentemente – com o diversos mercados da darknet anunciando proibições permanentes para usuários que utilizam o COVID-19 como ferramenta de marketing. Alguns operadores de ransomware comprometendo- se a não atingir organizações de saúde e pesquisadores, além disso vários hackers da dark web postaram vários expressões de solidariedade com as vítimas da pandemia de coronavírus.

No entanto, outros operadores de ransomware aumentaram a segmentação de hospitais. Alguns mercados da darknet ficaram superlotados com listagens de máscaras N95 e curas fraudulentas de COVID-19. Os golpistas manipularam os medos que cercam o vírus para as vítimas em todas as oportunidades possíveis.

“Eles realmente administram toda a gama. Tudo, desde a criação de domínios fraudulentos da Internet”, afirmou Ugoretz. 

“Vimos pessoas montando instituições de caridade COVID fraudulentas, prometendo entrega de máscaras e outros equipamentos e, em seguida, fornecendo empréstimos fraudulentos, extorsão etc.

FBI observa ataques patrocinados pelo Estado a instituições de pesquisa

Ugoretz observa que os atores de ameaças são provenientes de atividades patrocinadas pelo Estado, bem como de hackers com fins lucrativos, afirmando: 

“Do lado do estado-nação, como você pode imaginar, os países têm um desejo muito alto de obter informações [sobre] como outros países estão respondendo, mas também sobre coisas como pesquisa sobre vacinas, o que está acontecendo no setor de saúde dos EUA e nossos institutos de pesquisa . ”

A diretora do FBI acrescenta que as entidades publicamente identificadas como trabalhando em pesquisas relacionadas ao COVID tiveram um aumento exagerado nos ataques.

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 17,137.06
  • ethereumEthereum (ETH) $ 517.58
  • rippleXRP (XRP) $ 0.560568
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 12.65
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 267.57
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.153704
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 70.34
  • stellarStellar (XLM) $ 0.209644
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.81