Exclusivo: ‘Não invista em Bitcoin, ele não possui nenhuma segurança; não é investimento’, diz Diretor da Unick Forex

Na segunda parte da entrevista exclusiva concedida ao Cointelegraph, o ex Diretor Jurídico da Unick Forex, Fernando Lusvarghi, declarou que não aconselha ninguem a fazer investimentos em Bitcoin, apesar da Unick Forex, empresa da qual era Diretor Jurídico contratado, prometer suposta rentabilidade com BTC no mercado Forex.

Na primeira parte da entrevista, que você pode conferir no link, Lusvarghi, falou sobre sua relação com a Unick, como conheceu  Leidimar Lopes entre outros pontos.

Já nesta segunda parte, o Diretor comenta o fato de ter sido o unico que conseguiu ‘escapar’ da Polícia Federal durante a Operação Lamanai que prendeu 13 pessoas acusadas de fazerem parte da Unick e também comenta sobre supostas esquemas de compra de polícias federais e capangas para intimidar desafetos da Unick. Confira.

Cointelegraph: Quando teve a operação você foi o único que conseguiu ‘escapar’ naquele momento e não foi preso aí. Posteriormente a Polícia Federal revlou que a Unick tinha inclusive influência dentro da própria PF e tentou comprar informações sobre a investigação. Você tinha conhecimento disso? Tinha informações privilegiadas sobre a Operação?

Lusvarghi: Eu não vou falar para você dos detalhes da operação. Eu posso falar para você dos detalhes do meu dia a dia. Primeiro, eu me considero um excelente profissional. Eu não considero que eu fiz nada de errado, e sim, uma hora vai ficar determinado. Com prerrogativas de advogado eu não poderia ser preso, eu poderia ter restrições como prisão domiciliar, como outras restrições. Mas naquele dia aconteceu uma coincidência muito grande. No dia da operação eu estava em viagem, porque uma das minhas empresas tinha realizado uma obra em prol de uma região lá próximo de Brasília e eu estava em deslocamento.

Eu tinha que chegar na Câmara Municipal do município às 08:00 da manhã (para receber uma homenagem). No meio do caminho eu comecei a receber ligação de alguns funcionários da empresa, de alguns funcionários no caso da Unick que disseram, “olha, está ocorrendo uma operação da polícia, eles vieram com mandado”, e a minha orientação foi muito objetiva, “se eles estão com ordem judicial, cooperem, deixe que eles cumpram o mandado e a gente vai entender o que está acontecendo”.

Depois de um dia quando eu fiquei sabendo que tinha uma ordem temporária para me ouvir e tudo mais, eu pedi para o meu advogado entrar em contato e dar prosseguimento na diligência, para que eu me apresentasse, para que eu prestasse esclarecimento e tudo mais. E aí foi isso que aconteceu. Depois que estava tudo organizado entre as partes, eu me apresentei, prestei esclarecimentos. E aí é processo que segue, não é? Então, foi uma grande coincidência.

Realmente a mídia tem falado muito de que eu já sabia da operação e etc.. Mas eu garanto para você, eu não fazia a menor ideia de que havia uma operação. Até a minha orientação sempre foi para os funcionários, “olha, fiquem tranquilos, porque o dia que tiver uma investigação vão chamar a gente para prestar esclarecimentos”. E eu fui surpreendido porque eles fizeram uma operação dentro da lei, eles cumpriram com as obrigações deles, diferente do que eu imaginava que poderia ser, tá? Então assim, da minha parte eu não tinha ideia que poderia estar em curso qualquer investigação ou qualquer operação em relação ao grupo da Unick. 

Cointelegraph: Depois de tudo isso, você chegou a falar com os outros diretores da Unick, o Leidimar, o Danter, o Salomão?

Lusvarghi: Não, na verdade, sem contato nenhum. A única coisa que eu prezo é cumprir com as determinações, até para evitar qualquer mal-entendido. Então acho que vocês acompanharam, eu voltei a utilizar telefone, voltei a acessar rede social, e-mail agora no mês de abril. Porque em outubro havia uma determinação, não é uma orientação, mas havia uma determinação de que as restrições deveriam ser de não utilizar telefone celular e não acessar a internet. Então eu cumpri isso, até que agora em abril foi liberado para voltar – nessa parte pelo menos – é vida normal, sem essas restrições. Então, ainda permanece restrição das partes do processo não se conversarem e desde o dia 18 de outubro eu não tenho contato nenhum. Pelo menos da minha parte, com nenhum deles.

Cointelegraph: Entre as acusações que surgiram seria de que você teria usado dinheiro da Unick para enviar um de seus irmãos para lutar na Ucrânia e a outra de que, em prisão domiciliar, estaria movimentando dinheiro de forma ilegal?

Lusvarghi: O difícil é má-fé de quem escreve. Realmente eu tenho um irmão mais velho que tem a vida dele, mas em momento algum eu financiei viagem de ida, de volta. A vida é dele. Sim ele esteve na Ucrânia como um soldado regular de um exército pró-Rússia, ali da região Donbass, que foi reconhecido (o exército) como força armada regular e deram anistia para todo mundo. O meu irmão ficou um tempo preso, passou por um processo e ele não está mais preso. Então assim, existe o início da história, uma parte de fato que é verdade, mas eu acho que daí depois existe um pouco de desinformação, aonde dizem que meu irmão é terrorista ou que eu financiei a viagem dele, como se eu tivesse feito financiamento ao terrorismo, que é outro crime muito sério.

Então assim, essa notícia é o que eu te digo, tem um pouco de fato real? Tem, o Rafael é real.

Já sobre movimentação ilegal de dinheiro. Isso também não é uma notícia verdadeira. Então assim, o que eles falam no processo, dizendo que eu desviei dinheiro… na reportagem eles dizem inclusive que foi no mês de dezembro que eu fiz operações de ocultação. Isso foi uma desinformação também. Todas as transações, todos os negócios, tudo que eu estou fazendo, inclusive os serviços que eu estou prestando estão sendo informados no processo. Eu não estou fazendo nada de fora dissimulada ou oculta. Eu estou fazendo questão de mostrar total transparência e apresentar todas as informações, inclusive de aspectos que eles não me pedem, para demonstrar que o que eu busco é realmente a transparência e que as coisas se esclareçam.

Cointelegraph: Os diretores e o presidente da Unick, são apontados pela Polícia Federal como tendo feito divesas operaçãos para ocultação de bens e lavagem de dinheiro, inclusive com a realização de mega shows internacionais. A empresa e seus diretores também são acusados de contratarem capangas para intimidar desafetos e até líderes da própria Unick…

Lusvarghi Então, vou te falar a verdade, isso aí eu estou sabendo por você. Eu não tinha visto isso no processo ainda, até porque eu não fico esmiuçando os relatórios que não foram referentes a minha pessoa. Mas eu desconheço, realmente não sabia se teve alguma prática nesse sentido. Eu não fiquei sabendo. Vou até buscar para ver do que se trata. Não estava sabendo disso.

Cointelegraph: Contratou capangas para ameaçar pessoas fisicamente, contratou hacker para derrubar site. Pelo menos é isso que está no processo. Teria contratado hacker para derrubar site, gente para bater em líder. Inclusive  o youtuber Primo Rico alegou que sofreu ameaças de pessoas ligadas a Unick, que pediram para ele tirar vídeo do ar e tudo.

Lusvarghi: Então, eu cheguei a ver uma reportagem do Primo Rico falando sobre esse ocorrido, mas para mim é novidade assim. Nunca tinha sido relatado nada desse tipo de situação enquanto eu trabalhei lá.

Cointelegraph: E agora, depois de tudo isso, como você vê a Unick Forex, era uma empresa séria ou uma pirâmide financeira?

Lusvarghi: É, essa pergunta é uma pergunta bem complicada de falar, porque qualquer coisa que eu disser aqui para você, eu estaria ultrapassando os limites éticos de advogado ou de parte nesse processo. Eu acho que isso tudo está em averiguação e uma hora ou outra vai se esclarecer. Eu vou só te falar assim, muita coisa no processo me surpreende e me surpreende ainda. Eu acho que… eu não sei quanto tempo vai levar para concluir tudo que precisa, mas eu confio que vai ser resolvido. 

É uma situação complicada. Eu acho que é questão de mérito realmente para o processo responder.

Cointelegraph: Você falou que a SA Capital processa os pagamentos da Unick Forex e a investigação vem revelando pagamentos feitos a empresa de fachada, supostamente para realizar operações de lavagem de dinheiro. Até uma escola infantil teria sido usada.

Lusvarghi: Não. Não. Eu processava apenas pagamentos para os clientes. Então assim, a SA Capital ela fazia isso muito bem declarado dentro dos limites permitidos. A gente recebia ordem de pagamentos a serem processados, cobrava uma parte que era nosso percentual. Em momento algum a gente participou de lavagem de dinheiro. A SA Capital participava como prestadora de serviço apenas na intermediação de processar pagamentos.

Então a gente recebia uma ordem de pagamentos a serem processados, que eram comissões aos clientes e recebia um valor para os pagamentos devidos. Então, o nosso trabalho em momento algum tinha qualquer aspecto de lavagem de dinheiro. Eu nem sabia da existência da escola que você está citando e de algumas outras empresas que são citadas. A nossa prestação de serviço era realmente vinculada a processar pagamentos legítimos e era tudo declarado. 

Cointelegraph: Ficou algum Bitcoin da Unick com o Fernando? Você tem Bitcoin?

Lusvarghi: Eu Fernando não tenho nenhum bitcoin. 

Cointelegraph: Poxa, o diretor da Unick não tem um bitcoin…

Lusvarghi: Se você procurar no youtube verá que as pessoas me perguntavam em reuniões, eu como investidor o que eu achava de investimento em Criptomoeda. Eu vejo que o escopo era sempre debater a questão educacional e falar um pouco da minha experiência. Eu acredito que criptoativo ou qualquer um deles, seja bitcoin ou outros, a nível de investimento é para investidor que gosta de especulação. Por quê?

Porque você dorme hoje valendo um valor, acorda valendo outro. Às vezes triplica, às vezes caia a 10% do que era. Eu sinto que não existe nada que regule ou que dê o mínimo de segurança para esse tipo de ativo. Então eu nunca fui favorável em indicar ou falar que eu acho legal investimento em Criptomoeda. É uma opção, eu acho que as pessoas aí têm que buscar entender e estudar, saber se é o perfil delas e analisarem e decidirem por si só.

Como profissional, como palestrante, se eu fosse fazer uma palestra focado nisso, eu diria que eu sou muito mais tradicional. Eu acho que quem gosta de renda variável pode ir na Bolsa de Valores buscar outros tipos de ativos, que apesar de serem variáveis e terem também essa especulação, às vezes podem dar lucro ou não, eles têm uma regulamentação, uma segurança maior que o cripto ativo. Por esse motivo que eu também não tenho criptoativo, eu nunca achei que era uma forma de investimento. 

Cointelegraph: A SA Capital afirmava que era garantidora da Unick Forex, que tinha imóveis para garantir operações da empresa. Agora milhares de pessoas estão sem acesso a seus investimentos e estão entrando na Justiça. Elas podem pegar os imóveis da SA como garantia tal qual prometido?

Lusvarghi: Podem. O nosso compromisso era disponibilizar para eles (Unick Forex) um patrimônio imobiliário. Inclusive, tinham valores acordados, “ah, você garante até o infinito”. Não, a garantia era o patrimônio imobiliário específico até o limite do valor desse patrimônio. E isso está previsto até no termo de condições, tem uma cláusula que descrevia qual era o patrimônio em questão. No site da SA, agora acho que foi dia 20 de abril, se eu não me engano, a gente até publicou um comunicado explicando um pouco da situação novamente e colocando esse contrato integral e dizendo que, a SA está fazendo todo o possível para cumprir com as obrigações dela, mas o patrimônio já está disponível.

Apesar de que muitos ficam dizendo na internet, ficam divulgando ou às vezes até mandando mensagens mais fortes, não é? Que a gente vê aí, nas minhas redes sociais eu tenho visto. Me parece que também é falta de informação, as pessoas não buscam a informação correta. É o que elas querem e o que é que elas acreditam que tem de direito. E de forma alguma querem saber qual é a realidade, o que era de verdade ou o que foi que eu contratei. Acho que isso é a maior dificuldade hoje, as pessoas não estão dando atenção ao que foi oferecido para elas, o que foi vendido para elas. 

A garantia está mantida, o patrimônio imobiliário foi disponibilizado para a Unick. As pessoas que têm algum crédito com Unick elas podem cobrar, podem receber. E se a Unick não tiver como pagar, o patrimônio imobiliário já está lá à disposição. A pessoa vai poder receber se quiser o imóvel, se quiser vai vender, vai para penhora, vai para leilão. Aí são procedimentos que vão acontecer com o tempo. Mas é isso, a SA Capital está cumprindo e sempre cumpriu com as obrigações dela.

Cointelegraph: Qual são seus planos para o futuro, vai participar de outra empresa de Forex?
Lusvarghi: Não, não. Eu vou fazer o que eu sempre fiz na verdade. Mas dessa vez, até pelas dificuldades que a quarenta está impondo a nós e pela possibilidade de me comunicar com um público maior, eu estou fazendo isso através da internet. Como eu te disse, desde 2012 eu trabalho com consultoria empresarial. Eu prestei serviços até fora do país, tive clientes europeus, tive clientes aqui na América do Sul, tive clientes na Ásia.

Era o trabalho que eu desenvolvia antes de ter tido a oportunidade de atuar como Diretor Jurídico da Unick ou de prestar serviços para ela. É o trabalho que eu resolvi dar foco agora. Então, nesse momento as coisas precisam ser um pouco mais virtuais, então eu apelei para a área das redes sociais, para essa questão de live que chama a atenção das pessoas, para divulgar o trabalho. Mas é o trabalho profissional que era o que eu realizava antes e vou voltar a realizar agora. 

Cointelegraph: Então você vai continuar nessa área de consultoria de advocacia, empresarial e advocacia? 
Lusvarghi: É, na verdade, é um pouco distinto. O trabalho que eu estou fazendo hoje é como consultor empresarial, mais focado nessa área de gestão empresarial. Como advogado eu não poderia estar fazendo essa exposição que eu estou fazendo, então eu gosto de deixar bem separado. Ainda tenho alguns trabalhos, realmente tenho alguns clientes na área jurídica, mas aí eu também respeito bem o código de ética, não gosto de fazer publicidade ou propaganda. Eu estou me expondo como palestrante na área de gestão empresarial, nessa área de consultoria específica focada na gestão empresarial. A advocacia é uma atividade que eu também desenvolvo, mas eu não vinculo uma na outra. 

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 12,843.87
  • ethereumEthereum (ETH) $ 393.90
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • rippleXRP (XRP) $ 0.253085
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 259.11
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 29.86
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 10.96
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.20
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 52.87
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.107343