Estratégias dos Fundos de Hedge de Criptomoedas

A institucionalização das criptomoedas parece ser dirigida pela adaptabilidade de instrumentos financeiros aos ativos digitais. O desenvolvimento de novas ofertas de derivativos de Bitcoin e das DeFi, estão tornando o ecossistema mais robustos e as opções dos investidores, mais variadas.

Grandes empresas, bancos e fundos ainda estão ‘colocando o pé’ na água das criptomoedas, explorando novas regulamentações e possibilidades. Mas o papel dos fundos de criptomoedas é essencial para o amadurecimento do mercado e, apesar de ainda haver ainda um número relativamente pequeno de investidores institucionais no mercado de ativos digitais, eles são o futuro das finanças e dos fundos. 

Os Fundos de Hedge

Um fundo de hedge detém maior liberdade na hora de definir suas estratégias de alocação de capital, ele pode investir em diferentes ativos, com graus variados de risco para buscar grande retorno. 

A base desse mercado é o pressuposto de que a liberdade para adotar estratégias arriscadas permite que os gestores dos fundos possam lucrar acima do desempenho do mercado. Por isso, os investidores de hedge alocam uma parte do seu capital ao fundo e confiam na estratégia de diversificação, governança e gestão do gestor do fundo.

Apesar dos riscos que os fundos de hedge estão expostos, a alocação em investimentos agressivos, usualmente proibidas aos demais fundos, aumenta a chance de retornos agressivos. 

De acordo com o report dos fundos de hedge da PwC de 2020, existem cerca de 150 fundos de hedge, que gerenciam coletivamente US $ 2 bilhões AuM. 

Assim segundo o relatório, 97% dos fundos de hedge de criptomoedas negociam Bitcoin, 67% deles investem em Ethereum (67%), e na sequência vem XRP (38%), Litecoin (38%), Bitcoin Cash (31%) e EOS (25%).

E ao longo do último ano, os fundos começam a diversificar sua exposição, entrando em outros produtos: 42% dos fundos de criptomoedas investem em criptomoedas de apostas, 38% em moedas de empréstimos e 38% em projetos de empréstimo digital. 

Estratégias adotadas pelos fundos de hedge de cripto

Os fundos de hedge de cripto utilizam  basicamente quatro estratégias para construir seus portfólios: quantitativos (48%), fundamentalistas (19%), short-long discricionário (17%), e multi estratégias (15%). 

Fundamentalistas

Os fundos que seguem a análise fundamentalista, também conhecida como estratégia discricionária de longo prazo, constroem os portfólios de investimento exclusivamente formados por uma posição de longo prazo. 

De acordo com essa visão, as criptomoedas são ativos que tendem a se valorizar em um horizonte longo. Por isso, esses fundos tendem a entrar em estágios iniciais de projetos, mantendo sua posição comprada por longos períodos. 

Short-long discricionário

A estratégia short/long discricionária é uma abordagem hibrida de análise. Os fundos de hedge que adotam essa posição, investem em diferentes criptomoedas e projetos em estágios iniciais, mas eles não necessariamente adotam uma visão de longo prazo. 

Os fundos com essa estratégia se posicionam baseados em eventos, análise técnicas e métricas on-chain específicas do setor, como as da mineração, para tomar suas decisões de investimento.

Quantitativa

Os fundos quantitativos são aqueles cujas posições de compra/venda não são o critério mais importante. Eles podem inclusive, adotar uma posição neutra em relação ao mercado. O que direciona os quantitativos é a possibilidade de criar mercados e oportunidades. 

Através da arbitragem e da negociação de baixa latência, eles lucram com o mercado. Com o desenvolvimento de novos produtos financeiros, novos capitais e investidores, a liquidez do mercado tende a aumentar e essa estratégia pode se tornar cada vez mais popular. 

Multiestratégia

Fundos multiestratégia são aqueles que combinam diferentes estratégias para criar um portfólio, gerenciando subcontas dentro da mesma conta, para buscar o melhor de cada uma das posições. 

 

Os fundos hedge de cripto mais notáveis mundo

A grande maioria dos investidores em fundos de hedge são formados por escritórios familiares, indivíduos de alto patrimônio líquido ou  fundos de fundos

  • Grayscale é o líder no setor quando o assunto é fundos de criptomoedas. Com uma abordagem agressiva de compra, superando a própria emissão do bitcoin no primeiro semestre de 2020. A empresa também foi responsável por investir em mais de 100 projetos de criptomoedas, ajudando no desenvolvimento do ecossistema. 

  • Galaxy Digital é uma empresa de investimento em ativos digitais focada em institucionar a alocação de capital em criptomoedas e projetos blockchain. Atualmente, a empresa está listada na TSX (Bolsa de Valores de Toronto). 

  • Pantera é um fundo multiestratégia totalmente focado em investimento em empresas e projetos de criptomoedas e blockchain. 

  • Metastable é um fundo de hedge focado em investir em investimento de longo prazo de criptomoedas e tokens

 

LEIA MAIS:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 19,259.46
  • ethereumEthereum (ETH) $ 606.18
  • rippleXRP (XRP) $ 0.615142
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 87.58
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 13.65
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 286.05
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.159308
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.24
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.37