Enquanto Brasil ‘patina’ para lançar 5G, Samsung já anuncia 6G com velocidade de 1.000 Gbps

Enquanto o Brasil “patina” para lançar as regras do leilão do 5G no país, gigantes de tecnologia na Ásia já anunciam o 6G.

Assim, recentemente, uma das maiores fabricantes de celulares do mundo, a Samsung, anunciou que a tecnologia 6G já está em desenvolvimento e será lançada até 2028.

Segundo a empresa a velocidade de conexão da nova rede deve ser até 50 vezes mais rápida que a atual e chegar a 1.000 Gbps, sendo que 1 Gbps seria destinado a usuários “comuns”, indicando assim que a velocidade para o setor empresarial e industrial pode ser ainda maior.

Samsung

Ainda segundo a empresa, enquanto o 5G deve dar “vida” as aplicações de Internet das Coisas (IoT) o 6G impulsionará a “realidade estendida”.

Assim, aplicações com realidade virtual e aumentada serão mais imersivas com conteúdos sendo reproduzidos em até 16k.

Para a Samsung o 5G será a internet “das coisas”, enquanto o 6G será a internet dos “robôs”, sejam eles virtuais ou reais.

Assim, a expectativa da empresa é que a tecnologia seja usada para auxiliar na construção e no aprimoramento de robôs, carros e máquinas, entre outros.

Oriente supera o Ocidente

Porém não é só a Samsung que já está com o “pé” no 6G.

As gigantes chinesas Huawei e Xiaomi também já anunciaram desenvolvimento.

Enquanto isso, no ocidente, somente o a norte-americana Qualcomm declarou até agora estar desenvolvendo a tecnologia.

No Brasil 5G ainda não chegou

Porém no Brasil o 5G ainda parece um “sonho” distante.

Em meio a brigas e atendendo a pressão dos EUA contra a Huawei o Governo Federal vem relutando em lançar o edital do 5G no país.

Assim o edital que estava programado para ser divulgado no segundo semestre do ano deve ficar só para 2021 e a implantação somente para 2022.

Especialistas apontam que, seguindo este cronograma, o 5G deve chegar a todo o Brasil somente em 2024, já que a prioridade de implantação é nos grandes centros econômicos.

5G e Blockchain

Segundo especialistas a partir do momento em que o 5G estiver disponível no cotidiano das pessoas será praticamente impossível construir uma economia de dados sem o uso de blockchain atuando como um layer de conectividade entre os diferentes dispositivos.

Nesta linha, recentemente Jiang Wei, presidente do China Telecom Blockchain e Digital Economy Laboratory, explicou que a tecnologia blockchain tem casos de uso significativos que podem melhorar a rede móvel 5G.

Wei afirmou que o Blockchain no 5G introduzirá capital social no cenário 5G.

Ele acredita que isso ajudará a indústria a obter a infraestrutura 5G. 

Ele também observou sua crença de que o blockchain ajudará a realizar o compartilhamento de recursos 5G e o rastreamento de uso.

A China Telecom também está experimentando blockchain para melhorar os serviços de roaming internacional. 

Ele vê o Blockchain como uma maneira de eliminar a necessidade de terceiros. Se ele estiver correto, isso poderá tornar os serviços relacionados mais fáceis e convenientes.

“Antes que pudéssemos ver uma integração eficiente de blockchain e 5G, há vários problemas que precisam ser tratados com a tecnologia blockchain”, disse Wei. “Desses, os aspectos de legalidade e segurança dos contratos inteligentes são uma grande preocupação.”

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,742.45
  • ethereumEthereum (ETH) $ 385.93
  • tetherTether (USDT) $ 0.998105
  • rippleXRP (XRP) $ 0.239408
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 262.23
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.13
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 28.41
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.16
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 55.53
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 166.52