Endereços ativos de Ethereum afetam diretamente seu preço

O Ethereum vem apresentando uma valorização melhor que a do Bitcoin em 2020.

Prova disto é que, impulsionado pelo aumento do interesse em DeFi e com a expectativa do Eth 2.0, o preço da segunda maior criptomoeda do mercado subiu mais de 100% este ano.

Portanto, traders agora esperam que o ETH quebre a tão cobiçada barreira em US$ 400 para, então, aguardar um novo rali que poderia levar o Ethereum a atingir novamente seu máximo histórico acima de US$ 1 mil.

Endereços ativos

Além do interesse por DeFi e pelo Eth 2.0, a alta também está associada ao número de endereços ativos.

Isso porque, quando o Ethereum atingiu o preço de fechamento de US$ 390,66, um recorde desde julho de 2018, registrou-se também um pico no número de transações e endereços ativos da ETH.

Portanto, de acordo com a empresa de análise de dados Glassnode , o número de endereços ativos diários ultrapassou o 482.000 na semana passada. Este foi o valor máximo do ano e o maior desde meados de 2019.

Assim, desde o início do ano, o preço da ETH e o número de endereços ativos estão correlacionados em 60,9%.

Enquanto isso, durante 2019, essa relação era maior – pouco mais de 76% – mostrando uma alta relação entre o preço da Ethereum e o número de endereços ativos com ETH.

Endereços ativos influenciam o preço da ETH

Segundo o analista e trader Adrian Mathieu, essa correlação revela que, em 2020, quando o número de endereços ETH ativos aumenta 1%, seu preço aumenta, em média, 0,18% no mesmo dia.

“Portanto, os investidores têm à disposição mais uma métrica on-chain que permite ter uma relação estatisticamente significativa com os retornos, permitindo definir estratégias intraday”, declarou.

Além disso, segundo Mathieu, em 2019 essa relação era tão significativa quanto em 2020, mas de menor magnitude.

“Assim, quando o número de endereços ETH ativos aumentava 1%, seu preço subia, em média, 0,07% no mesmo dia”, revelou.

O preço da ETH chegará a US$ 500?

Desde o início do ano, o Ethereum venceu o Bitcoin como o ativo de melhor desempenho, mais do que dobrando os retornos cumulativos do Bitcoin durante aquele período.

Logo, o ETH manteve uma tendência positiva de longo prazo, estabelecendo novos máximos anuais, desde o crash de março.

Desta forma, o Ethereum está desafiando os níveis de preços de meados de julho de 2018, com executivos de criptomoedas, como CEO da BitMEX, prevendo um novo recorde anual de US$ 500.

“Indicadores on-chain como a taxa média de hash do Ethereum, contagem de transações e número de endereços ativos também estão se aproximando de níveis recordes desde o início do ano, sugerindo crescimento futuro”, finalizou Mathieu.

Leia também: Número de carteiras acumulando Ethereum aumenta durante valorização

Leia também: Maximalistas de Bitcoin estarão do lado errado da história, afirma criador do Ethereum

Leia também: Criptomoeda valoriza 1000% e atrai milhares de investidores

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,125.12
  • ethereumEthereum (ETH) $ 412.82
  • tetherTether (USDT) $ 0.999931
  • rippleXRP (XRP) $ 0.255583
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 274.45
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 12.67
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.70
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.38
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 58.61
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.107562