Empresa de blockchain é convidada para ajudar pesquisa de medicamentos contra o coronavírus

Novos medicamentos para a cura do coronavírus serão pesquisados pela Innoplexus AG, que também trabalha com a tecnologia blockchain. A empresa desenvolverá soluções baseadas em Inteligência Artificial (IA) para processar dados sobre a doença, segundo o Portal Terra.

A Innoplexus AG foi convidada pela Northern Data para atuar na pesquisa sobre o coronavírus. As duas empresas devem acelerar o estudo sobre o combate a enfermidade que somente no Brasil já matou 1.328 pessoas.

Conhecida como “fornecedora de soluções em Computação de Alto Desempenho (HPC, na sua sigla em inglês)”, a Northern Data pode ajudar a encontrar medicamentos e possíveis tratamentos contra o Covid-19 de forma mais eficaz que outros métodos de estudo sobre a doença.

Blockchain é usada por empresa que pesquisa cura do coronavírus

Presente em três continentes, a Innoplexus AG é considerada uma das maiores empresas que atuam na área de Inteligência Artificial (IA). Dezenas de pesquisas da plataforma resultaram em pedidos de patentes que incluem projetos que também utilizam a tecnologia blockchain.

No entanto, a empresa não declarou se utilizará a tecnologia blockchain no processamento de dados sobre a doença. Plataformas como a Innoplexus AG permitem que empresas farmacêuticas realizem cálculos complexos utilizando o alto poder computacional de equipamentos no combate ao coronavírus.

Dessa forma, esse processamento de dados massivo pode encontrar informações sobre o combate ao coronavírus de forma acelerado. Entre os clientes da Innoplexus AG estão empresas farmacêuticas mundialmente conhecidas, como a Merk, por exemplo.

A Innoplexus AG possui uma vasta biblioteca com informações sobre medicamentos e tratamentos médicos. A Ontosight é uma ferramenta indispensável para o combate de doenças como o coronavírus, de acordo com o site da plataforma de tecnologia.

“O Ontosight oferece a maior biblioteca pesquisável de informações sobre ciências da vida para ajudar as empresas a desenvolver terapias precisas muito mais rapidamente, economizando tempo e custos.”

Medicamentos falsos são oferecidos na internet

A propagação do coronavírus continua atingindo países como o Brasil e os Estados Unidos, onde os números de infectados continuam a crescer. Além do cuidado com a pandemia, a divulgação na internet de falsos medicamento também cria uma enorme preocupação.

A intensa pesquisa da empresa Innoplexus AG e da Northern Data servirá para combater esse tipo de crime.

Sem uma cura para o coronavírus comprovada cientificamente, crescem os rumores sobre medicamentos capazes de acabar com o Covid-19. Esse é o caso da cloroquina que está sendo amplamente divulgada como possível cura para a enfermidade.

Conforme mostrou o Cointelegraph, a eficácia da cloroquina ainda não foi comprovada cientificamente. Divulgada nas redes sociais, a cloroquina começou a fazer sucesso após uma discussão sobre o assunto envolvendo três pessoas no Twitter, incluindo um investidor de Bitcoin.

Por outro lado, com informações precisas sobre possíveis tratamentos contra o coronavírus, as empresas que pesquisam a doença devem apresentar resultados sobre a pesquisa que serão utilizados pela indústria farmacêutica em testes futuros.

Leia Mais: 

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 36,356.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,237.59
  • tetherTether (USDT) $ 0.998946
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 17.10
  • rippleXRP (XRP) $ 0.284083
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.374771
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 150.50
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 494.63
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 21.67
  • stellarStellar (XLM) $ 0.299736