Desenvolvedor do Ethereum volta à prisão após verificar seu saldo de ETH na Coinbase

O desenvolvedor do Ethereum, Virgil Griffith, violou os termos de sua fiança e foi levado sob custódia após supostamente acessar sua conta de criptomoeda.

A ordem de prisão preventiva veio do juiz distrital dos Estados Unidos P. Kevin Castel depois que Griffith supostamente tentou acessar seus ativos Ether (ETH) mantidos pela Coinbase em maio.

O pesquisador da Fundação Ethereum provavelmente passará os próximos dois meses atrás das grades. Ele deve ser julgado em 21 de setembro sob a acusação de conspiração para violar as sanções com a Coreia do Norte e pode pegar até 20 anos de prisão.

De acordo com a Law360, a principal preocupação do juiz Castel era o risco de voo, uma vez que os ativos que Griffith mantinha saltaram de valor para a faixa de US$ 1 milhão, o que pode ter influenciado sua decisão de verificar a carteira, afirmou o juiz.

Os promotores buscaram a prisão preventiva em 9 de julho, alegando que Griffith violou os termos da fiança que restringem fortemente seu uso da internet. Ele supostamente acessou a Coinbase para entrar em contato com a exchange para solicitar a remoção das funções de segurança da conta, supostamente afirmando: “Vou precisar da [autenticação de dois fatores] removida porque o FBI levou meus dispositivos embora.”

Os advogados de defesa alegaram que a tentativa de acessar a Coinbase foi feita após consultar seu advogado, acrescentando que foi sua família no Alabama que fez a tentativa em seu nome.

Griffith foi acusado e indiciado em 7 de janeiro de 2020, após sua prisão em novembro de 2019 por conspiração para violar a Lei de Poderes Econômicos de Emergência Internacional. A fiança foi inicialmente negada, mas finalmente obteve um pedido de fiança de US$ 1 milhão no final de dezembro de 2019.

As autoridades federais acreditam que ele ajudou a Coreia do Norte a lavar dinheiro usando criptomoeda para evitar sanções dos EUA depois que ele participou de uma conferência de blockchain em Pyongyang em abril de 2019.

Em outubro de 2020, Griffith entrou com uma moção para rejeitar as acusações de conspiração, alegando que sua apresentação na conferência de abril de 2019 consistia em informações públicas amplamente disponíveis; portanto, ele não estava prestando um “serviço” às autoridades norte-coreanas. No mês seguinte, os advogados que representam o governo dos EUA classificaram o argumento como “absurdo”.

LEIA MAIS:

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo

bitcoin
Bitcoin (BTC) 28.627,24 4,18%
ethereum
Ethereum (ETH) 1.808,05 3,83%
tether
Tether (USDT) 0,847085 0,04%
binance-coin
Binance Coin (BNB) 256,23 2,83%
cardano
Cardano (ADA) 1,02 2,20%
xrp
XRP (XRP) 0,514254 2,14%
usd-coin
USD Coin (USDC) 0,847085 0,15%
dogecoin
Dogecoin (DOGE) 0,163509 0,64%
polkadot
Polkadot (DOT) 11,42 2,89%
binance-usd
Binance USD (BUSD) 0,847085 0,04%