O Deputado Federal Weliton Prado (PROS/MG) encaminhou um Projeto de Lei, (PL 2164/2021), no qual requer que todos os Bitcoins (BTC)  e criptomoedas apreendidos pela Polícia Federal sejam usados para ações de combate e tratamento do Câncer, via o Sistema Único de Saúde (SUS).

Desta forma, se aprovado, criptomoedas apreendidas pela PF e provenientes de empresas acusadas de golpes como a Unick Forex e Indeal, ao invés de serem utilizadas para ressarcir as vítimas destes esquemas, deve ser usadas pela União para ações de enfrentamento do câncer, uma das doenças que mais mata no Brasil e no mundo.

“Todos os criptoativos apreendidos, confiscados e sequestrados pela União ou perdidos em favor da União deverão ser utilizados no combate ao câncer”, destaca o PL.

O projeto foi apresentado na Câmara dos Deputados dentro da Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) e ainda será analisado pelos parlamentares.

“Uma vez transferida a propriedade para a União e convertidos em moeda nacional, os criptoativos deverão ser incorporados ao orçamento do Ministério da Saúde que determinará a alocação dos recursos para prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer pelo Sistema Único de Saúde – SUS”, pede o deputado no Projeto de Lei.

Segundo o deputado pela sua característica de anonimato e fácil transposição de barreiras nacionais, as criptomoedas, principalmente o Bitcoin, são utilizadas por criminosos para a obtenção, transferência e lavagem de recursos.

Desta forma, ignorando todos os demais usos e aspectos relacionados às criptomoedas e as empresas que muitas vezes são alvo de ações da Polícia Federal, o parlamentar requer quer todos os criptoativos apreendidos sejam convertidos em reais e destinados ao Ministério da Saúde.

Cancer Crypto

Recentemente em colaboração com a empresa de doações de criptomoedas The Giving Block, a American Cancer Society criou o Cancer Crypto Fund, que busca arrecadar pelo menos US$ 1 milhão até o fim de 2021 para financiar iniciativas de pesquisa no tratamento da doença.

As doações para financiar pesquisas sobre câncer caíram 50% em 2020, atingindo o nível mais baixo deste século, de acordo com a American Cancer Society. A queda acentuada foi atribuída ao impacto econômico da Covid-19.

“As contribuições da comunidade de criptomoedas ajudarão a restabelecer o financiamento de pesquisas cruciais para novas descobertas e melhores tratamentos para salvar a vida de familiares e amigos.”

O primeiro cripto-doador a contribuir com US$ 250.000 ou mais terá a chance de renomear o fundo, seja em seu nome ou de um ente querido. Os doadores que doarem US$ 10.000 ou mais aparecerão na parede de honra do fundo.

O fundo aceita doações em Bitcoin (BTC), Bitcoin Cash (BCH), Ethereum (ETH), Litecoin (LTC), Zcash (ZEC), Gemini Dollar (GUSD), Basic Attention Token (BAT) e Chainlink (LINK).

“Queremos que o máximo possível de pessoas se juntem a nós em nossa missão”, disse Jeff Klass, diretor digital interino da American Cancer Society. “Para fazer isso, precisamos garantir que as pessoas possam contribuir para a luta contra o câncer quando, onde e como quiserem”.

LEIA MAIS

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo

Leave a Reply