Na Argentina, o deputado da Nação pela província de Mendoza, José Luis Ramón, anunciou por meio de sua conta no Twitter que apresentou uma proposta com a intenção de que trabalhadores e exportadores de serviços possam receber seu salário em criptomoedas.

O projeto de lei teria sido apresentado aos comitês de Finanças; Legislação Geral; e Orçamento e Finanças da Câmara dos Deputados da Nação.

O legislador, que pertence à Unidade Federal de Desenvolvimento Interbloco, disse: “Apresentei um projeto de lei para que os trabalhadores em regime de dependência e os exportadores de serviços tenham a opção de cobrar seu salário integral ou parcial em criptomoedas”.

Segundo ele, a ideia é que “eles possam fortalecer sua autonomia e conservar o poder aquisitivo de sua remuneração”

“Esta iniciativa surge da necessidade de se promover uma maior autonomia e governação das remunerações, sem que isso implique perda de direitos ou exposição a situações de abuso no âmbito da relação de trabalho”, acrescentou posteriormente.

Deve-se notar que a Argentina tem uma inflação alta de aproximadamente 50% ao ano. O peso argentino foi desvalorizado ao longo de décadas, atingindo o bolso dos trabalhadores de forma significativa. Isso se soma à forte pressão tributária e a fortes proibições e / ou restrições à compra de moeda estrangeira.

LEIA MAIS:

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo

Leave a Reply