Dados de votação em blockchain da Rússia são vendidos na dark web

Dados de passaporte de 1,14 milhão de russos estão agora disponíveis para venda via dark web. Os dados foram roubados de cidadãos que votaram no recente referendo de reforma constitucional do país, que utilizava a tecnologia blockchain.

Segundo a Kommersant, citando informações fornecidas pelos hackers, vendedores ilegais já venderam mais de “30 mil linhas” de um documento que contém os dados vazados. As linhas são listadas a um custo de US $ 1,50 cada, mas o preço por linha chega a US$ 1 para os que compram os dados em massa.

Embora os dados do passaporte não possam ser necessariamente utilizados para fins confidenciais, os vendedores alegam que suas informações permitirão que os compradores obtenham histórico de crédito, endereços residenciais e nomes de empresas registrados por cada vítima.

A autenticidade dos dados foi confirmada pela mídia local depois de receber um arquivo de texto contendo alguns dos dados roubados do passaporte.

De acordo com uma investigação publicada pela mídia russa Meduza, um arquivo intitulado “degvoter.zip” ficou disponível publicamente para download por várias horas em um site do governo em 1º de julho.

LEIA MAIS

 

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 36,356.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,237.59
  • tetherTether (USDT) $ 0.998946
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 17.10
  • rippleXRP (XRP) $ 0.284083
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.374771
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 150.50
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 494.63
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 21.67
  • stellarStellar (XLM) $ 0.299736