A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) do Brasil condenou o day trader Guilherme Trindade a pagar mais de R$ 500 mil por “práticas não-equitativas” realizadas em 2013, conforme divulgado pela autarquia.

Guilherme Trindade vai pagar R$ 587.650,20 de multa por irregularidades em 80 operações de day trade em 2013. Ele teria levado vantagem em negociações e por isso prejudicado outros players do mercado.

A Superintendência de Relações com o Mercado e Intermediádios (SMI) da CVM diz na decisão que as negociações do day trader levaram a rendimentos indevidos equivalentes a R$ 190.742, lesando a SB Agência de Viagens e Turismo que atuava como contraparte..

O SMI também diz que houve discrepância nos ganhos do trader em transações envolvendo a contraparte, comparando-as com as demais operações feitas em 2013 pelo day trader.

Naquele ano, as operações que não envolveram a SB Agência de Viagens como contraparte tiveram taxa de acerto de 55% e lucro de R$ 365 em média. Já as 80 negociações suspeitas tiveram taxa de acerto de 92,5% e lucros de R$ 2.384 por operação.

Todas as ordens inseridas no sistema em nome do trader foram intermediadas pela Planner Corretora e executados por um operador sob a sigla R.M, que seria amigo de um irmão do day trader:

“Similarmente, todas as ordens emitidas em nome da SB que resultaram em negócios em que o acusado figurou como contraparte também foram executadas por R.M (mesmo operador)”

O acusado justificou à autarquia que não tinha contato próxima com a pessoa e não sabia das negociações do day trader.

As investigações também apontam que as ordens da SB eram do tipo “administrada” e indicavam a quantidade e característica dos ativos negociados, mas sem preço nem data para execução das ordens. Cabia, portanto, a RM definir a execução das ordens, supostamente com o conluio do day trader:

“Valendo-se destas informações, o acusado adquiria os ativos visados pela referida agência de viagens e, em seguida, inseria ordem inversa no book por um preço mais elevado”

Como noticiou o Cointelegraph Brasil, a CVM terá novos diretores a partir da aprovação dos indicados do Governo Federal pelo Senado. Um dos indicados disse durante a sabatina no Senado que os criptoativos precisam de “atenção especial” da autarquia.

LEIA MAIS

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo

Leave a Reply