O fundador da USD Sports, Marcos Ferraz, declarou que o criptoativo que deve ser lançado ainda no mês de agosto, pretende presentear seus holders com uma viagem ao Qatar para acompanhar a Copa do Mundo de Futebol.

A revelação foi feita por Ferraz durante uma live da OKEx Brasil para tratar da união entre criptomoedas e esporte em comemoração às Olimpíadas do Japão.

Logo no início da live Thiago Catarino, Marketing Manager Latin America, indagou como a USD Sports poderia gerar impacto no universo esportivo.

Respondendo ao Manager da OKEx, Ferraz destacou que a união entre esportes e criptomoedas está apenas começando e que esse é um mercado promissor pois traz a possibilidade de globalizar não só o esporte como um todo mas também as características e potenciais regionais do mundo esportivo.

Assim, segundo ele, da mesma forma como é difícil para um brasileiro morando no Brasil, ter acesso a ativos que representam ou dialogam com o campeonato europeu, também é difícil para um europeu acessar o mercado esportivo local.

“Então vivemos em um mundo globalizado, sem fronteiras mas no qual o esporte ainda está limitado aos veículos e meios tradicionais de comunicação e monetização. Porém com os criptoativos e os contratos inteligentes o esporte também pode deixar estas amarras de lado e se globalizar com a ajuda da blockchain. Então um brasileiro poderá comprar ativos que representam times da europa e vice-versa. Acabam as fronteiras para o esporte”, disse.

Ainda segundo ele, os times de futebol em todo o mundo começaram a entender como os criptoativos podem significar uma nova forma de monetização e envolvimento com seus fãs.

“O máximo de interação, monetização e engajamento na internet que os grandes times de futebol e mesmo grande competições esportivas globais faziam era promover conteúdo em redes sociais e em sites oficiais. Só isso. Tudo muito passivo. Agora com a união com o mercado de criptoativos isso muda tudo e as possibilidades são infinitas. Haja visto que os principais clubes de futebol da Europa já abraçaram esta parceria e até seleções como a da Argentina, Brasil e Portugal já anunciaram integração com fã tokens e NFTs”, disse.

USD Sports

O fundador da USDSports revelou ainda que o marketplace e a plataforma da criptomoeda devem ser lançados oficialmente em agosto e que dentre os planos da USD Sports estão museus virtuais e físicos, além da possibilidade de investidores se tornarem “sócios” de clubes e arenas, ganhando junto com grandes eventos.

Além de colocar o seu nome como um dos “proprietários” de grandes momentos da história do esporte, como o primeiro pódio de Ayrton Senna e símbolos eternizados como a camisa de Pelé.

“Ao invés do fã apostar em um clube em uma plataforma de apostas, por exemplo, vai conseguir investir o seu dinheiro se tornando sócio deste determinado clube, e lucrar conforme o mesmo se valoriza, ao invés de arriscar, poderá investir”, declarou Ferraz durante a Live.

Thiago Catarino também afirmou que os fundadores da USD Sports estão em contato com os desenvolvedores da OKEx, para integrar o criptoativo na plataforma da empresa.

“Os anseios de todos estão sendo ouvidos não só por nós Latam, mas por toda a administração da Okex Global. O processo é um pouco mais moroso do que realmente gostaríamos que fosse, mas podem ter certeza de que a USD Sports está representando o Brasil muito bem”, disse.

Conforme anunciou Thiago, a Okex pretende entrar forte no mercado brasileiro construindo campanhas focadas neste público e fazendo parcerias estratégicas, a exemplo do sistema especial de staking para os clientes do Brasil e Argentina no qual a empresa irá dobrar a rentabilidade em alguns ativos.

Os tokens participantes da promoção são: CSPR, MINA (listado recentemente com 22% APY), IOST, LAT, VSYS, AVAX, DOT, MATIC, ATOM, TRUE, XTZ, QTUM, TRX, EOS, ADA, KSM e ONT.

“Assim que lançarmos a USD Sport na Okex, vamos facilitar o acesso dos usuários ao staking e vamos criar a campanha Okex e USD Sports para levar algumas pessoas para a Copa do Mundo do Catar, sortearemos pares de ingressos com tudo pago, camisas oficiais da seleção brasileira, autografada e transformada em NFT e wallet cheias de USDSP”, revelou o fundador da USDSports.

Durante a live, Ferraz também deu alguns spoilers sobre o início das negociações da USD Sports Markets.

Assim, de acordo com ele, a USD Sports Markets já fechou contrato com mais ou menos 20 organizações esportivas e de e-sports das mais variadas modalidades e que pretende lançar token lastreados no Mecanismo de Solidariedade FIFA, como fez o Vasco com o Mercado Bitcoin e o Cruzeiro com a Liqi.

O CEO da USD Sports ainda declarou que em breve anunciará o acordo com plataformas de streaming de esportes que aceitaram USD Sports (USDSP) como meio de pagamento.

“O momento de falar eu, acabou. A antiga economia está perdida, o momento é de falar nós e fazermos de todos, participantes dessa jornada”, enfatizou Marcos Ferraz.

LEIA MAIS

Desde 2019, não aparece uma janela de compra tão clara. Negocie mais de 400 pares de criptomoedas com 0% de taxa até 8 de Julho na OKEx.

Compre o mergulho agora na OKEx!

Artigo