O empresário Robert Kiyosaki não é a única figura de alto nível a defender a adoção do Bitcoin durante a atual crise financeira, mas ele é um dos poucos que faz parecer uma decisão de vida ou morte.

Em 19 de maio, o autor do livro “Pai Rico, Pai Pobre” publicou no Twitter uma mensagem em maiúsculas denunciando as ações do Federal Reserve durante a pandemia e sua crença de que ativos como ouro, prata e Bitcoin (BTC) seriam salvadores para os investidores durante esta crise.

O tweet anterior de Kiyosaki – escrito apenas cinco horas antes – foi muito mais ameaçador, lançando sombra sobre o Dr. Anthony Fauci, diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas e uma figura bem conhecida na resposta do coronavírus dos Estados Unidos. Ele expressou sua preocupação com uma “nova pandemia” e “mais medo” no final de 2020.

O Cointelegraph informou em 17 de maio que o autor havia usado o Twitter para prever um preço do Bitcoin de US$ 75.000 com uma mensagem um pouco mais moderada: seu medo de uma economia em declínio e a crença de que o Fed lidou incompetentemente com a crise financeira.

Leia mais:

Artigo

Deixe uma resposta