Com extensão da pandemia, investidores buscam Bitcoin por proteção econômica e liquidez

A extensão da pandemia de coronavírus e o impacto nas economias globais têm levado os investidores a buscarem o Bitcoin como alternativa de proteção econômica, segundo o colunista Alex Silva, do portal R7.

No artigo, ele escreve que com a quarentena impedindo as pessoas de realizar atividades por tempo indeterminado, os PIBs dos principais países afetados sofrerá grande retração, com previsão de queda de 5,3% para o Brasil neste ano.

O aumento do desemprego e fechamento de empresas deve ser inevitável, o que levará os investidores a buscarem alternativas de investimento seguras, como o Bitcoin:

“Ativo de proteção é aquele que tende a manter ou aumentar o seu valor em tempos de crise. No caso dos ativos de proteção, fatores culturais, como o histórico de cotações, e econômicos, fazem com que as pessoas acreditem no seu potencial de preços. Durante a pandemia do coronavírus, o Bitcoin está sendo considerado um ativo refúgio.”

Segundo ele, os fatores que levam à busca por Bitcoin na crise é o descontentamento dos investidores com as ações do Federal Reserve, dos EUA, a liquidez do criptoativo, o crescimento histórico do BTC e a independência do Banco Central.

Como já noticiou o Cointelegraph Brasil, o veterano Peter Brandt disse recentemente que o ‘Bitcoin deveria ser visto como um seguro contra catástrofes’.

LEIA MAIS

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 55,034.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 2,158.21
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 523.82
  • xrpXRP (XRP) $ 1.31
  • tetherTether (USDT) $ 0.991143
  • dogecoinDogecoin (DOGE) $ 0.361651
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.18
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 33.85
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 907.56
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 249.31