Clientes investem R$ 373 mil e caem em golpe que funcionava como corretora de criptomoedas

Um esquema com criptomoedas que prometia lucros de até 8% atraiu investidores que perderam dinheiro com a promessa de alto retorno. No total, três vítimas investiram cerca de R$ 373.000 na empresa com sede em Araçatuba – SP, segundo o Folha da Região.

As vítimas aplicaram no negócio que deixou de pagar em fevereiro de 2019, chamado E-bit FX. Embora parte do valor de R$ 373.000 tenha sido resgatado, os usuários perderam ainda R$ 256.000 com o investimento em criptomoedas.

As investigações sobre o negócio apontam que a empresa oferecia lucro através de supostos investimentos em criptomoedas. No entanto, uma operação policial chamada “Operação Lucro Fácil” desarticulou o esquema no final de 2019.

Vítimas perdem dinheiro em corretora de criptomoedas

As vítimas da E-bit FX relatam que perderam dinheiro no negócio que operava como uma corretora de criptomoedas. Porém, ao invés de oferecer a negociação de Bitcoin e outros ativos, o esquema prometia lucros duvidosos.

Recentemente, três investidores decidiram procurar a Polícia Civil para registrar a perda de dinheiro com a E-bit FX. Uma das vítimas, uma corretora de 39 anos, investiu R$ 185.000 no negócio.

A corretora conta que fez três contratos de investimento com a plataforma que operava como se fosse uma corretora de criptomoedas. Contudo, antes da suspensão dos pagamentos, a investidora conseguiu reaver parte do dinheiro.

No total, ela recebeu quase R$ 40.000 divididos em quatro parcelas que correspondem ao lucro prometido pela empresa. Além das quatro parcelas de quase R$ 10.000 cada, a corretora recebeu R$ 12.000 em janeiro de 2020, antes da interrupção dos pagamentos.

Ou seja, ainda restam R$ 134.000 para a corretora receber na E-bit FX, segundo denúncia apresentada às autoridades na última quinta-feira (30).

Além dessa vítima, um lavrador de 76 anos espera receber cerca de R$ 42.432 do esquema. O morador da zona rural de Araçatuba – SP investiu, no total, R$ 88.000 no negócio.

Sendo assim, o lavrador recebeu seis parcelas até janeiro de 2020 antes do negócio suspender os pagamentos aos clientes. Em cada parcela, a vítima recebeu R$ 7.072 referente a promessa de lucro de 8% oferecida por funcionárias do negócio.

Representação criminal

Uma representação criminal contra o líder da E-bit FX foi apresentado por uma das vítimas do esquema. No total, o usuário depositou R$ 100.000, com a promessa de receber R$ 7.000 como lucro em investimentos em criptomoedas.

Após receber a primeira parcela do suposto lucro de R$ 7.000 em outubro de 2019, a vítima conta que decidiu investir mais dinheiro no esquema. Dessa forma, um depósito de R$ 10.000 foi realizado, totalizando R$ 110.000 em investimentos.

O cliente da E-bit FX fala que recebeu três parcelas da empresa até janeiro de 2020, totalizando R$ 30.000. Sem conseguir contato com a plataforma, ele decidiu procurar a Polícia Civil, apresentando uma queixa contra o empresário responsável pela empresa que atuava como uma corretora de criptomoedas no interior de São Paulo – SP.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 50,686.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,584.44
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.22
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 242.86
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 37.25
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • xrpXRP (XRP) $ 0.449232
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 188.10
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 29.99
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 526.94