Cinco ações e cinco criptomoedas para acompanha na semana

A semana começou com o Bitcoin apresentando uma valorização de 2% que levou o BTC acima de R$ 50 mil no Brasil.

Contudo, no momento da escrita, o BTC está novamente abaixo de R$ 50 mil indicando que talvez a repentina valorização ainda precise de mais fôlego.

No entanto segundo o especialista do Cointelegraph, Rakesh Upadhyay, o BTC é uma das principais criptomoedas para se acompanhar na semana.

Já no caso do mercado de ações no Brasil, a XP Investimentos recomenda 5 ações para a semana.

Ações

Para a XP não há muito no que mover em sua carteira de ações recomendada.

Segundo a empresa, sua indicação na semana passada conseguiu uma valorização de 2,5%.

Porém o desempenho positivo ficou abaixo do Ibovespa (IBOV) que subiu 4,07%.

Veja as indicações da XP.

  • brMalls (BRML3) – “Segue acima da média de 21 dias favorecendo expansão na direção dos R$ 12,20 ou R$ 13,80. Suporte em R$ 10”.
  • Marcopolo (POMO4) – “Segue acima da média de 21 dias projetando teste dos R$ 3,55 ou R$ 4,60. Suporte em R$ 2,86”.
  • CCR (CCRO3) – “Está projetando R$ 16 ou R$ 19,70. Tem suporte em R$ 13,55”.
  • JBS (JBSS3) – “Tem bom suporte em R$ 21, mantendo sinal de retomada do topo recente nos R$ 25,50”.
  • Magazine Luiza (MGLU3) – “Rompeu topo em R$ 68,13 projetando de R$ 75 a R$ 83. Deixou suporte em R$ 58,50”.

Criptomoedas

No caso das criptomoedas o especialista do Cointelegraph, Upadhyay, indica ficar de olho no Bitcoin, Ethereum, Cardano, LEO e Monero.

Para ele o Bitcoin deve continuar a semana negociando lateralmente em torno de US$ 9 mil, contudo podem ocorrer movimentos rápidos tanto de queda quanto de alta.

“Há um suporte menor em US $ 8.638,79 e, se isso acontecer, o declínio pode se estender para US $ 8.130,58. Por outro lado, se os touros elevarem o preço acima da zona de resistência de 10 dias da EMA a US $ 9.600, é possível uma alta para US $ 10.058,82 e depois para US $ 10.376,38”, disse.

Já com relação ao Ethereum, a tendência é de alta para a semana.

“Se os bulls puderem escalar o preço acima de US $ 253.556, é provável que a tendência de alta seja retomada. No entanto, esta visão otimista será invalidada se os ursos afundarem o par abaixo de US $ 217,67”.

Cardano, LEO e Monero

No caso da Cardano também há um sinal positivo pois os traders, segundo ele, estão “comprando os mergulhos”.

“Embora o par ADA / USD tenha caído da linha de tendência de baixa, os bulls estão tentando manter o preço acima do suporte imediato de US $ 0,0766328, o que é um sinal positivo. É provável que os bulls tentem empurrar o preço acima da linha de tendência de baixa.”, disse.

Para o LEO o especialista indica que deve ocorrer uma queda.

“Os bears não estão dispostos a desistir sem lutar. Eles estão defendendo agressivamente a EMA de 10 dias (US $ 1,175). Se o preço cair da EMA de 10 dias, os bears tentarão diminuir o preço abaixo de US $ 1,12. Se for bem-sucedido, é possível uma correção mais profunda para US $ 1,05.”

Monero tem uma tendência positiva aponta o especialista

“O Monero ( XMR ) está formando um padrão de triângulo ascendente nas últimas semanas, que será concluído em uma quebra e fechamento (horário UTC) acima da zona de resistência de $ 68.4175 a $ 70.0979. O alvo padrão de uma quebra do triângulo é $ 82.7887″.

LEIA MAIS

As visões e opiniões expressas aqui são exclusivamente do autor e não refletem necessariamente as visões do Cointelegraph. Todo movimento de investimento e negociação envolve risco. Você deve realizar sua própria pesquisa ao tomar uma decisão.

Os dados do mercado são fornecidos pela exchange HitBTC.

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 47,570.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,484.29
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 237.19
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.10
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 31.41
  • xrpXRP (XRP) $ 0.443142
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 183.13
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 25.15
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 505.42