China quer expandir projeto blockchain com Google e Amazon como aliados

A Blockchain Services Network (BSN) da China lançou seu site internacional.

Agora, a BSN pretende iniciar seu plano de expansão global. Para isso, a plataforma de blockchain da China já conta com grandes aliados, como o Amazon Web Services (AWS), Microsoft e Google Cloud.

Essas grandes empresas americanas atuam como seus principais provedores de serviços em nuvem para data centers no exterior.

BSN

O novo portal BSN foi lançado oficialmente no dia 9 de agosto.

Segundo seus organizadores, o portal tem como objetivo fornecer ferramentas de “baixo custo” para que os desenvolvedores de blockchain do mundo todo construam seus projetos.

Assim, a proposta é criar uma rede blockchain mundial. Para isso, a plataforma foi dividida em uma versão chinesa e uma versão global.

Segundo os desenvolvedores isso foi feito para que empresas e pessoas físicas de todo o mundo adotem o sistema sem problemas de linguagem.

Integração com Ethereum, EOS, Tezos e NEO

Um anúncio publicado no Medium pouco antes do lançamento do portal internacional, observa que a BSN da China se integrou a seis redes públicas, incluindo Ethereum, EOS, Nervos, Tezos, NEO e IRISnet.

No entanto, o comunicado acrescenta que a plataforma nacional de blockchain busca integração com outras blockchains públicas. O objetivo é alcançar uma interoperabilidade ainda mais ampla.

A rede oferece pacotes de suporte para os desenvolvedores criarem aplicativos descentralizados (DApps).

O site detalha que essa rede tem ambientes compartilhados e nós de cidade inteligente onde os desenvolvedores podem se conectar para fazer upload de seus projetos.

A BSN relatou ainda que planeja adicionar de três a quatro novas blockchains públicas a cada mês.

Assim, a partir de outubro, ela planeja oferecer um ecossistema no qual todos os DApps criados no BSN se comuniquem entre si por meio de um centro de serviço intercadeia que denominou Hub Interchain.

Hyperledger

Como mencionado, o Google Cloud e Amazon Web Services estão entre os aliados da rede blockchain da China.

Ambas as empresas estão conectadas à rede como provedoras de serviços em nuvem.

Por outro lado, o provedor norte-americano Hyperledger oferece suporte para o desenvolvimento de blockchains privadas.

Leia também: Blockchain pode impulsionar a adoção do 5G, diz Forbes

Leia também: Confira os cinco criptoativos que mais se valorizaram durante a semana

Leia também: China expande testes com sua moeda digital e ela pode ser lançada ainda em 2020

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,076.81
  • ethereumEthereum (ETH) $ 405.91
  • tetherTether (USDT) $ 0.998722
  • rippleXRP (XRP) $ 0.255599
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 269.87
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 12.22
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.33
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.35
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 57.84
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 179.61