‘Chainlink subiu 1.000% contra 76% do Bitcoin’ a longo prazo, segundo investidor de altcoins

Uma análise sobre criptomoedas publicada no Facebook mostra que o Chainlink acumulou mais de 1.000% de valorização nos últimos quatorze meses. Enquanto isso, o Bitcoin teve “apenas” 76% de aumento registrado no mesmo período, de acordo com o analista que investe em altcoins.

Segundo a análise, a Chainlink teve uma valorização superior ao acumulado do Bitcoin no último ano. Dessa forma, o retorno na altcoin foi um dos maiores registrados no mercado de criptomoedas até então.

Para o usuário que fala sobre a altcoin, o preço atual da Chainlink está prestes a “romper o topo”, o que indica que a criptomoeda poderá vivenciar uma onda de valorização no mercado.

Chainlink sobe mais que Bitcoin em 2020

A Chainlink teve um desempenho inquestionável em 2019 e 2020. No total, o preço da altcoin subiu mais de 1.000% em apenas quatorze meses. O crescimento da criptomoeda foi relacionado a inúmeros fatores, dentre eles uma parceria com o Google.

A análise que compara a criptomoeda que subiu 1.000% com o Bitcoin indica que a Chainlink deverá ainda “romper o “topo” de preço em breve. Com essa valorização acumulada, a altcoin “deixa para trás” o Bitcoin, que atualmente possui 76% de valorização no mesmo período.


Gráfico mostra preço do Chainlink (Reprodução/Facebook)

Conforme ilustra o gráfico compartilhado pelo investidor no Facebook, a Chainlink pode quebrar o recorde de preço no mercado. Segundo a publicação, o rompimento de preço da altcoin pode ser acompanhado nos pares de negociação com o USDT e o BTC.

O estudo compara o desempenho entre as duas criptomoedas em cerca de quatorze meses, compreendidos entre os dias  29 de abril de 2019 até este último domingo (5) de julho de 2020.

Investidor tem mais lucro com altcoin que BTC

A análise publicada sobre a Chainlink compara o desenvolvimento da altcoin com o preço do Bitcoin. Para alguns usuários, investir em criptomoedas alternativas estão resultando em mais lucro que o próprio BTC.

Um dos motivos por trás da valorização da altcoin nos últimos meses está relacionado a uma nova parceria da Chainlink. A tecnologia da criptomoeda, chamada Oracle Chainlink, será utilizada pela Rede Nacional de Serviços em Blockchain da China.

De acordo com o investidor que publicou a análise com comparações com a Chainlink, investir na altcoin é mais rentável que o Bitcoin. Para ele, investir em altcoins está sendo mais assertivo que apostar no BTC a longo prazo.

“Eu tô tendo mais ganhos nessas outras criptos do que no Bitcoin. Ele tá cheio de trap, rompimentos falsos.”

Um comentário na análise sobre a Chainlink reforça a ideia de lucro com altcoins. Outro usuário alega que teve um retorno lucrativo mais satisfatório em investimentos em criptomoedas alternativas.

“No cenário atual, tá dando mais lucro entrar em altcoins do que no próprio BTC, ainda mais que nem todas estão acompanhando o movimento dele.”

Conforme noticiou o Cointelegraph, recentemente a Chainlink esteve bem próxima de romper o recorde de preço no mercado. No último dia (23) de junho faltavam apenas 3% para a altcoin quebrar a máxima de preço histórica. Faltam apenas US$ 0,10 para que esse recorde seja rompido pela altcoin.

Atualmente o Chainlink está sendo cotado em US$ 4,85 no mercado, na tarde desta segunda-feira (6). Essa cotação representa uma valorização de 3,81% no dia, de acordo com dados do CoinMarketCap.

Leia Mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 50,686.00
  • ethereumEthereum (ETH) $ 1,584.44
  • cardanoCardano (ADA) $ 1.22
  • binance-coinBinance Coin (BNB) $ 242.86
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 37.25
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • xrpXRP (XRP) $ 0.449232
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 188.10
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 29.99
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 526.94