CEO da Celsius explica porque Bitcoin não explodiu durante pandemia do COVID-19

Alex Mashinsky, CEO da plataforma de empréstimos de criptomoeda Celsius Network, acredita que o Bitcoin (BTC) não se tornou um ativo não correlacionado suficiente para que os investidores o procurem na atual crise financeira.

Em uma entrevista de 22 de abril no David Pakman Show, Mashinsky disse que a criptomoeda não sofreu um aumento significativo no início da pandemia porque “se você pegar algum trecho no último ano, verá uma correlação muito alta entre o BTC e o mercado de açoes.”

Essa correlação combinada com a crise atual pode ser suficiente para dissuadir muitos investidores do Bitcoin. Embora o Cointelegraph tenha relatado que o Bitcoin estava mais correlacionado com o ouro após a queda de 12 de março do que com as ações, as criptomoedas em geral ainda têm reputação de volatilidade.

“Há cinco anos”, disse Mashinsky, “o BTC parecia volátil em relação às ações”, mas agora “parece mais estável do que o mercado de ações – apenas move 2% ao dia, e o mercado de ações move de 5 a 10%”.

Usando a Netflix – a ação com melhor desempenho de 2010 a 2019 – como exemplo, Mashinsky destacou o fato de o BTC ainda ser “2.000 vezes melhor que o campeão mundial do mercado de ações”, dado o preço disparado nesse período.

Petróleo ficando negativo

O CEO também citou o recente crash do petróleo como parte da ironia em torno da volatilidade do Bitcoin. Recentemente, o preço do petróleo ficou negativo pela primeira vez, uma vez que as empresas pagavam aos comerciantes para tirar os barris das mãos. No entanto, esse acidente histórico levou apenas a uma modesta precipitação do BTC. Até o momento, o preço permanece nos US$ 7.000.

“O petróleo é apenas o primeiro a ser atingido [devido ao COVID-19]”, disse Mashinsky: “Você verá outras indústrias passando pelo mesmo tipo de reciclagem”.

O que levará os investidores ao Bitcoin?

A pandemia de coronavírus levou a liquidações em massa em muitos mercados, incluindo alguns detentores de criptomoeda que precisam de dinheiro rápido. No entanto, Mashinsky acredita que as medidas propostas para estabilizar a economia dos EUA – pacotes de estímulo e outros gastos do governo – farão com que muitos investidores vejam o Bitcoin como a aposta mais segura em uma economia mundial tumultuada.

Como atualmente há mais dinheiro em títulos do que ações, as medidas usadas podem enfraquecer o dólar americano, potencialmente fazendo com que os detentores de títulos reavaliem suas necessidades e se voltem para a criptomoeda.

“Uma aposta no Bitcoin é uma aposta de que as pressões deflacionárias vencerão”, disse Mashinsky. “Quando todos ficam nervosos, todos vão para o dinheiro, isso inclui vender Bitcoin, mas ainda é uma das reservas de valor que existe por aí”.

Leia mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,250.84
  • ethereumEthereum (ETH) $ 390.76
  • tetherTether (USDT) $ 0.999607
  • rippleXRP (XRP) $ 0.245532
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 267.81
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.62
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 30.26
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.37
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 56.01
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 169.88