O Bitcoin teve um bom desempenho de negociação na última semana, registrando seu preço mais alto desde o início da crise do coronavírus em março.

Ontem, o BTC atingiu um pico acima de US$ 7.200, marcando um impressionante rali que colocou todo o mercado de criptomoedas em alta. A maioria das altcoins também registrou aumentos semanais de dois dígitos.

Desde então, o preço do Bitcoin retraiu para o valor atual de cerca de US$ 6.790 e começou a segunda-feira superando os US$ 7.100.

chart (3)

O suporte a ser procurado no momento parece ser de US$ 7.000, e se os touros conseguirem uma fuga deste nível poderão apontar para US$ 7.500. Por outro lado, o volume (US$ 5.87 bilhões) está muito baixo para servir de fermento a esse crescimento. 

O primeiro trimestre de 2020 terminou e o último mês foi trágico para todos os mercados, incluindo criptomoedas. O Bitcoin caiu de US$ 10.500 em meados de fevereiro para cerca de US$ 4.000 em um ponto em meados de março antes de se recuperar, além de muitos dos principais criptoativos estarem no vermelho até o aumento de preço desta semana.

Deixe uma resposta