‘Bitcoin é arriscado, mas não correlacionado com ações’, diz Scott Melker

O trader de criptomoeda Scott Melker diz que, embora as ações e o Bitcoin (BTC) pareçam se mover em conjunto desde a Black Thursday: “Eles não são ativos correlacionados”.

Em uma thread no Twitter para seus 84.000 seguidores, “The Wolf Of All Streets” descreveu sua teoria sobre porque o Bitcoin trilhará seu próprio caminho durante a crise financeira. Melker analisou o preço do BTC desde sua criação em 2009 e o comparou aos ativos em mercados tradiconais, como ações. De acordo com Melker, a criptomoeda só foi moderadamente correlacionada com os mercados tradicionais por um breve período.

A história conta a história

Como Melker explicou em detalhes, “Você pode comparar quaisquer 2 ativos em uma escala de -1 a 1. 1 significa correlacionado”.

Dados do relatório divulgado no primeiro trimestre de 2020 da eToro descobriram que o BTC e o SPX (índice Standard and Poor’s 500) tiveram uma correlação de 0,59 em fevereiro de 2020. Depois que a pandemia ocorreu, a criptomoeda “ficou significativamente mais correlacionada com o ouro do que com o SPX,” alcançando uma correlação de 0,72.

E o crash de 12 de março?

Embora os números possam variar, eles não invalidam o argumento de Melker. O BTC chegou ao fundo na Black Thursday em meados de março, mas o SPX não até mais de uma semana depois. Melker disse que os traders devem observar a diferença entre o desempenho das criptomoedas e os mercados tradicionais durante esse período:

“Durante esse período de 9 dias, o Bitcoin estava subindo enquanto o SPX estava caindo. Grande momento. O Bitcoin subiu 84% nesse período. Acreditar que eles estão diretamente correlacionados significaria que o Bitcoin estaria liderando o mercado.”

Fonte: Twitter

Porque os investidores ainda devem olhar para o Bitcoin

Dados os riscos das ações, o que o FMI prevê que será a maior recessão desde a Grande Depressão, se o Bitcoin não estiver correlacionado com as ações, isso pode ser uma boa maneira de diversificar um portfólio de investimentos. O Bitcoin pode não ser o porto seguro como foi apresentado, mas oferece um perfil de risco diferente.

“Por definição, não está correlacionado [com esses mercados]”, escreveu Melker:

“Esta é a mesma razão pela qual todos os investidores devem possuir algum Bitcoin – ele oferece risco idiossincrático, em vez de risco sistemático, como outros ativos. Mesmo que seja um ativo RISKIER, colocá-lo em um portfólio reduz o risco geral do portfólio devido a essa falta de correlação.”

Leia mais:

Artigo

Leave a Comment

bitcoin
Bitcoin (BTC) 34.185,44 2,13%
ethereum
Ethereum (ETH) 2.365,45 4,30%
tether
Tether (USDT) 0,849526 0,26%
binance-coin
Binance Coin (BNB) 283,73 0,55%
cardano
Cardano (ADA) 1,17 0,44%
xrp
XRP (XRP) 0,616294 0,53%
usd-coin
USD Coin (USDC) 0,841115 0,15%
dogecoin
Dogecoin (DOGE) 0,169399 0,48%
polkadot
Polkadot (DOT) 16,16 1,48%
uniswap
Uniswap (UNI) 21,01 7,12%