Bitcoin chegará a US$ 70 mil após o halving diz mais influente analista do mercado

Um dos analistas do mercado de criptomoedas mais respeitado, o anônimo PlaB, apontado como o primeiro a aplicar o modelo de previsão de Stock and Flow (estoque e fluxo) para o Bitcoin, destacou que reviu sua análise sobre o BTC e que a principal criptomoeda do mercado deve atingir de US$ 70 a US$ 100 mil em até dois anos após o halving.

Segundo ele, após o halving e não antes dele, há uma forte tendência de alta para o BTC e que a redução, pela metade, na recompensa pela mineração no Bitcoin, será o grande teste para o modelo de estoque e fluxo, desta forma, segundo ele, se o BTC não atingir US$ 70.000 em maio de 2022, ele diz que o modelo será invalidado.

“O halving de 2020 será como 2012 e 2016. De acordo com o modelo S2F, espero um preço de 10x (ordem de magnitude, não preciso) 1-2 anos após o halving. O halving será do tipo “faça ou pare” para o modelo S2F. Espero que ele nos ensine mais sobre os fundamentos subjacentes e os efeitos da rede”, disse.

Porém esta não é a opinião de uma das mais importantes ‘baleias’ do mercado de criptomoedas, o também anônimo Joe007, um dos maiores traders da Bitifnex que, recentemente, ganhou cerca de US$ 10 milhões em apenas 5 minutos por meio de estratégias de negociação no order book.

Para ele, embora o S2F indique que após o halvin o Bitcoin deve iniciar um movimento de alta ele não é tão otimista quanto a isso e disse que os investidores precisam fazer suas próprias análises ao invés de acreditar em ‘horóscopos’ de bitcoin.

“Vender o S2F como possuindo poder preditivo absoluto não é apenas ‘perda de tempo’, é perigoso para dezenas (centenas?) De milhares de traders de varejo que não entendem estatísticas e substituem o DYOR por variados ditados de guru…Minha ‘bronca’ é com um culto em torno do S2F, com milhares de muppets cantando no refrão ‘S2F é altamente científico!’ como se fosse o fim de tudo”, frisou.

Enquanto analistas divergem sobre os impactos do halving no preço do Bitcoin no momento da escrita o BTC apresenta uma alta de 2% superando novamente a marca de US$ 7 mil, porém a valorização não indica necessariamente um movimento positivo a longo prazo tendo em vista que a principal criptomoeda do mercado tem sido negociada dentro da faixa de US$ 6.471,71- US $ 7.454,17 nos últimos dias, sem um claro senso de direção.

Esta ‘falta de direção’ indica que há um certo equilíbrio entre os bulls e os bears e qualquer ligeiro movimento tanto acima quanto abaixo destas médias pode fragilizar um dos lados e indicar um caminho para o criptoativo.

“Em uma quebra acima de US$ 7.454,17, é possível  e traria uma mudança rápida para US $ 8.000. Os bears podem então montar uma defesa desse nível, mas é provável que sejam escalados. Acima disso, o movimento ascendente pode atingir US$ 9.000.

Por outro lado, se os bears afundarem o par abaixo do triângulo, isso indicará fraqueza. Abaixo do triângulo, uma queda para US $ 6.471,71 é provável, mas se esse nível também ceder, é provável que o par caia para US$ 5.600. Portanto, o stop loss nas posições longas pode ser arrastado para US $ 6.200″, destacou o analista do Cointelegraph, Rakesh Upadhyay.

LEIA MAIS

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,838.56
  • ethereumEthereum (ETH) $ 389.26
  • tetherTether (USDT) $ 0.999976
  • rippleXRP (XRP) $ 0.241632
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 263.58
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.28
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 28.55
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.22
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 55.33
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 166.07