Bayer e Sicred estão em busca de novas tecnologias, agronegócio e combate ao coronavírus

A Bayer, Sicredi, Orbia e o AgTech Garage anunciaram em 06 de abril, o lançamento da iniciativa “Desafio Covid-19: soluções digitais para o agronegócio” que tem como objetivo promover a difusão e a adoção de ferramentas de startups que serão selecionadas por apresentarem soluções confiáveis e de alto impacto que possam contribuir para os produtores e toda a cadeia produtiva no enfrentamento aos efeitos da pandemia do novo coronavírus.

O desafio visa disponibilizar gratuitamente soluções de startups para produtores rurais por um período de dois meses. As startups podem se inscrever pelas próximas duas semanas e soluções baseadas em blockchain são bem vindas.

“A evolução do novo coronavírus no Brasil é uma preocupação também para o mercado agrícola, pois o Covid-19 impactou não apenas a área da saúde, ele tem afetado diversos setores da sociedade. Para minimizar os efeitos da pandemia, medidas restritivas de circulação foram adotadas na maioria dos Estados, de maneira que estas estratégias de isolamento social mudaram o nosso estilo de viver, de trabalhar, de consumir, de se locomover, enfim, mudou tudo”, explica o responsável pela iniciativa, Dirceu Ferreira Junior, diretor do Centro de Expertise em Agricultura Tropical da Bayer Brasil.

Segundo o comunicado, em meio a este cenário, o agronegócio continua a desempenhar um papel central de produzir alimentos. Assim, a iniciativa visa contribuir para a manutenção da produção, permitindo que os agricultores possam continuar garantindo o abastecimento e o acesso da população aos alimentos.

A ideia é que as soluções oferecidas por essas empresas inovadoras sejam disponibilizadas, através da plataforma digital Orbia, aos produtores rurais do Brasil todo, o que irá contribuir para a manutenção da produção agrícola durante este período de isolamento social ocasionado pelo Covid-19. “A Orbia é especializada em fazer a conexão entre os agricultores e uma rede de fornecedores, a fim de facilitar seus processos, fazer negócios e gerar valor”, reforça o CEO da joint-venture, Ivan Moreno.

“A inovação aberta, através das startups, já é realidade no agronegócio brasileiro, principalmente pelo potencial inovador e agilidade que essas empresas nascentes de tecnologia proporcionam para o mercado. Essas são características essenciais para o momento que vivemos. Estamos otimistas com essa ação, para conectar de forma massiva os produtores com as startups e minimizar os impactos do coronavírus no agronegócio”, esclarece José Tomé, CEO do AgTech Garage, um dos principais hubs de inovação do agronegócio brasileiro.”

Para Cesar Bochi, diretor de administração do Sicredi, a iniciativa é fundamental neste momento em que a sociedade brasileira, como um todo, necessita de ações colaborativas.

 “Nossa presença fixa no AgTech Garage tem como objetivo justamente identificar oportunidades de apoiar nossos associados ligados ao agronegócio com o fomento de soluções inovadoras que auxiliem no seu dia a dia, e o engajamento no ‘Desafio Covid19’ tem total sinergia com esse propósito. Temos uma forte ligação com o meio rural, o qual tem um papel fundamental na nossa sociedade, e onde atuamos majoritariamente por pequenos e médio agricultores, que precisam de todo o apoio possível para a continuidade da sua atividade neste momento desafiador”, conclui Bochi.

Uma iniciativa que pretende reunir startups que oferecem soluções para empoderar o produtor rural e contribuir para a produção e distribuição de alimentos para a população, assegurando o abastecimento e o fortalecimento da economia. A iniciativa tem como foco ferramentas de alto impacto digital, com rápida adoção e implementação e em condições facilitadas para aquisição pelos produtores. De maneira que, as soluções devem ter foco em áreas prioritárias como: logística, atendimento remoto, comercialização da produção, acesso a insumos e crédito de maneira digital.

As startups serão selecionadas pelo comitê de avaliação composto por representantes das empresas envolvidas na campanha. Os projetos escolhidos estarão disponíveis, a princípio, por dois meses a partir da implementação na plataforma Orbia, que podem ser prorrogáveis em função do cenário nacional e de disponibilidade da startup em oferecer os serviços.

LEIA MAIS: Bayer e Sicredi se unem para apoiar projeto brasileiro que usa blockchain na agricultura
LEIA MAIS: Com Pedro Andrade e sem Bitcoin, Sicred lança portal voltado para investidores

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 17,330.11
  • ethereumEthereum (ETH) $ 526.22
  • rippleXRP (XRP) $ 0.598946
  • tetherTether (USDT) $ 1.00
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.165723
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 12.94
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 272.39
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 71.65
  • stellarStellar (XLM) $ 0.213321
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.85