Atual correção de preço do Bitcoin parece ser o resultado da venda de mineradores e investidores de varejo

Em 24 de maio, o preço do Bitcoin (BTC) caiu de US$ 9.300 para US$ 8.800. Nas 24 horas seguintes, caiu para US$ 8.600, deixando o maior ativo digital classificado no CoinMarketCap em risco de uma retração maior.

A queda inicial do Bitcoin abaixo de US$ 9.000 coincidiu com uma venda maciça de BTC nas exchanges e dados na cadeia do Bitcoin indicam que os principais players estavam vendendo no fim de semana.

Segundo dados, mineradores, exchanges e investidores de varejo podem ter levado ao declínio no preço do Bitcoin nos últimos três dias.

Quem está vendendo Bitcoin?

Como o investidor de criptomoeda Willy Woo explicou anteriormente, o papel de uma exchange é igualar pedidos entre vendedores e compradores. Por exemplo, se um comprador está comprando Bitcoin por US$ 9.000, um vendedor deve estar vendendo BTC pelo mesmo preço para que a negociação ocorra.

Woo disse:

Quando dizemos que os comerciantes estão “comprando” ou “vendendo”, isso é um mito. Todo comércio é correspondido, todo comércio tem um comprador e um vendedor. (Quando dizemos que o mercado está comprando ou vendendo, na verdade queremos dizer que dinheiro inteligente está comprando ou vendendo.)

Quando os mineradores vendem o BTC que eles minam e as exchanges vendem as taxas que geram, eles pressionam mais a venda de Bitcoin.

De acordo com dados do CryptoQuant, o ingresso de Bitcoin subiu para 2.435 BTC em 24 de maio. Isso representa aproximadamente US$ 22 milhões em BTC depositados nas exchanges em um único dia

.

Entrada de Bitcoin em todas as exchanges. Fonte: CryptoQuant

A estatística mostra que as exchanges de criptomoedas provavelmente não foram responsáveis por grande parte da pressão de venda que ocorreu no fim de semana.

Para que as trocas levassem à retração, o fluxo de BTC nas exchanges tinha que permanecer baixo. As plataformas de negociação de criptomoeda geram receita por meio de taxas de negociação e uma exchange pode simplesmente vender as taxas em sua própria plataforma sem movimentar grandes somas de BTC.

O que resta são os mineradores e os investidores de varejo, e os números da cadeia sugerem que eles foram os prováveis culpados da venda de 24 de maio.

Na semana passada, o ByteTree mostrou que os mineradores geraram 5.231 BTC e gastaram 5.846 BTC. Simplificando, as mineradoras venderam 614 BTC além de todo o Bitcoin minerado em um período de sete dias.

Os mineradores estão vendendo mais Bitcoin do que os minerados. Fonte: ByteTree

Mineradores provavelmente por trás da venda

Para as grandes mineradoras de Sichuan, na China, a atual estação chuvosa permitirá negociar tarifas mais baixas de eletricidade. Isso significa que alguns centros de mineração poderão garantir uma taxa de US$ 0,03 / KW, o que reduzirá o custo da mineração para cerca de US$ 6.000.

No entanto, para as mineradoras super alavancadas ou pequenas fora da China, o halving pode ter um impacto significativamente negativo em suas margens de lucro.

Se as mineradoras estão vendendo mais do que mineram porque o BTC está acima do custo de equilíbrio da mineração na China ou se as mineradoras super alavancadas estão capitulando, ainda não está claro.

Mas os dados mostram que os mineradores provavelmente estavam liderando a liquidação do Bitcoin na faixa de US$ 9.300 a US$ 9.400, juntamente com investidores de varejo da Coinbase que se movimentavam para vender o BTC.

Leia mais:

Artigo

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 18,883.41
  • ethereumEthereum (ETH) $ 588.41
  • rippleXRP (XRP) $ 0.647577
  • tetherTether (USDT) $ 0.999085
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 342.47
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 15.29
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 86.77
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 5.55
  • cardanoCardano (ADA) $ 0.163151
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 33.23