Aplicativo blockchain utilizado para rastrear casos de COVID-19 na América Latina

Uma empresa sediada no Canadá está se voltando para a tecnologia blockchain em seus esforços para combater a pandemia de coronavírus na América Latina.

A Emerge, uma startup de blockchain com sede em Toronto, está lançando um aplicativo de sistema de segurança pública chamado Civitas, para ajudar as autoridades locais em muitos países. De acordo com uma publicação no blog da empresa, o aplicativo foi projetado “para melhorar a segurança e reduzir os tempos de espera nas lojas, reduzindo as reuniões em espaços apertados e a probabilidade de contágio”.

O software pode associar os números de identificação do governo a registros únicos de blockchain, permitindo que as autoridades determinem se eles se qualificam para obter licenças para deixar suas casas. Se os cidadãos reportarem que estão apresentando sintomas semelhantes aos do coronavírus, o aplicativo pode ajudar a determinar quais dias são mais seguros para eles procurarem itens essenciais como alimentos e medicamentos.

América Central em confinamento pela pandemia

Quase um terço, dos nove milhões de pessoas em Honduras, estão trancados desde meados de março, muitos dos quais vivem na capital, Tegucigalpa. As pessoas que violam a quarentena nessas áreas podem sofrer pesadas multas se deixarem suas casas sem justa causa.

O Civitas permitiria aos médicos de Honduras rastrear esses sintomas e incluir quaisquer anotações relacionadas aos cuidados do paciente. Esses dados estariam disponíveis exclusivamente para o usuário e o profissional de saúde, com a importância colocada na privacidade.

Países que utilizam a tecnologia blockchain contra o coronavírus

Enquanto alguns países confiam na mais recente tecnologia para rastrear o vírus, a blockchain tem sido destaque na luta contra a atual pandemia em todo o mundo.

O Ministério do Desenvolvimento da Comunidade dos Emirados Árabes Unidos (MOCD) começou a confiar no uso da identidade digital por meio de sistemas baseados em blockchain e sistemas de bate-papo para autenticação digital de certificados oficiais e outros documentos.

Na Holanda, a empresa de tecnologia de contabilidade distribuída Tymlez ofereceu sua plataforma blockchain para modelar a cadeia de suprimentos de produtos médicos, em um esforço para evitar a contração de preços.

Leave a Comment

  • bitcoinBitcoin (BTC) $ 13,561.76
  • ethereumEthereum (ETH) $ 384.13
  • tetherTether (USDT) $ 0.999282
  • rippleXRP (XRP) $ 0.238654
  • bitcoin-cashBitcoin Cash (BCH) $ 261.31
  • chainlinkChainlink (LINK) $ 11.04
  • binancecoinBinance Coin (BNB) $ 28.34
  • polkadotPolkadot (DOT) $ 4.15
  • litecoinLitecoin (LTC) $ 54.31
  • bitcoin-cash-svBitcoin SV (BSV) $ 162.38